Android Oreo Samsung Galaxy Note 7 Samsung Galaxy Note 7R
O Samsung Galaxy Note 7 passou pelas nossas mãos durante alguns dias até ser emitida a recolha global do produto.

A mais recente versão do sistema operativo da Google para dispositivos móveis, o Android Oreo, está gradualmente a chegar aos terminais da Samsung. Todavia, a sua chegada tem sido lenta, não só aos Samsung mas como a todos os demais. Tal como comprovam os últimos dados de distribuição da Google. Ora, existirá algo mais contra-producente do que criar firmware para o Samsung Galaxy Note 7?

É verdade, foi isso mesmo que a sul-coreana fez. Em vez de fazer chegar o Android Oreo da Google a tempo e horas para os seus novos topos de gama como os Galaxy Note 8. Investiu tempo e recursos a compilar firmware (software de sistema) para o seu antigo e explosivo topo de gama.

Vê ainda: Facebook divulga os novos Padrões de Comunidade a pensar em ti

É de certa forma caricato vermos agora a certificação do firmware baseado no Android Oreo para os Samsung Galaxy Note 7. O produto já se encontra descontinuado há mais de um ano e ainda assim, alguém na empresa decidiu testar um novo firmware para o equipamento.

Prova disso mesmo são os comprovativos de certificação na entidade Wi-Fi Alliance que agora chegam até nós através da publicação Sammobile. O infeliz Samsung Galaxy Note 7 seria descontinuado escassas semanas após a sua chegada ao mercado devido a uma falha congénita na sua construção. Algo que provocava a explosão / combustão das suas baterias em vários casos.

Android Oreo da Google para os Samsung Galaxy Note 7 descontinuados?

Ainda assim, alguém decidiu trabalhar no Android Oreo da Google para este terminal que entretanto foi substituído pelo Note 8 em agosto de 2017. Note-se que de acordo com as orientações da própria Samsung ninguém deveria estar a utilizar o Galaxy Note 7, o seu phabet tabu. Ainda assim, alguém resolveu investir parte do seu tempo a desenvolver software para um dispositivo que para todos os efeitos é inútil. Pelo menos para o consumidor comum que não o pode, nem deve, utilizar.

Samsung Galaxy Note 7 Fan Edition receberá este firmware

Ainda assim, também o Samsung Galaxy Note 7 Fan Edition receberá o Android Oreo da Google. Este último pode ser utilizado pelos consumidores, apesar de ser praticamente um exclusivo do mercado sul-coreano. Também ele veria uma compilação de firmware (software de sistema) a ser aprovada pela Wi-Fi Alliance.

Uma das explicações para esta aparente perda de tempo é a possibilidade de a Wi-Fi Alliance exigir que todas as variantes do produto sejam testadas. Isto é, para aprovar o novo firmware ou software de sistema. Para isso poderá exigir a sua compatibilidade com todas as versões / variantes de um mesmo produto. Desta forma, poderemos ter aqui uma “magra” explicação.

O Samsung Galaxy Note 7 Fan Edition foi lançado pela marca em alguns mercados asiático com uma nova bateria. Caso ainda tenhas um Note 7 convencional a marca aconselha a que o devolvas e não o utilizes. As suas baterias são susceptíveis a instabilidade e combustão.

Esperemos, entretanto, que este Android Oreo da Google chegue a mais dispositivos da maior fabricante mundial de smartphones. E tu, como classificas esta ação da Samsung?

Assuntos relevantes na 4gnews:

XiaomMi 7 está atrasado devido a problemas no reconhecimento facial

Já não há mais segredos! Este é o aspeto do LG G7 ThinQ

Xiaomi Mi 6X é agora revelado em imagens reais antes da apresentação

Fonte 1 Fonte 2| via

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).