Samsung e Huawei em queda, Xiaomi e Realme sobem. Vê os números globais

Bruno Coelho
Comentar

Os analistas da Counterpoint Research já divulgaram os seus números relativos ao primeiro trimestre de 2020 no mercado mobile. Como seria de esperar, a pandemia de Covid-19 afetou o mercado mobile a nível geral. Mas marcas como a Xiaomi e a Realme conseguiram subir nas suas vendas face ao período homólogo.

Por seu turno, Samsung e Huawei tiveram uma queda nas vendas que pouco afetou a sua quota de mercado. A Samsung desceu de 21% para 20%, enquanto que a Huawei se manteve fixa nos 17%.

A líder de mercado Samsung sofreu, face a 2019. No primeiro trimestre do ano passado registava 72 milhões de envios, enquanto que este ano se ficou pelos 59 milhões. Já a Huawei passou de 59.1 milhões para 49 milhões.

Quem acaba por contrariar a tendência são marcas como a Xiaomi a Realme. A Xiaomi passou de 27.8 milhões de envios, para 29.7 milhões. Além disso, aumentou a sua quota de mercado de 8% para 10%.

Realme, fundada em 2018, é 7ª a nível global

Com menos de dois anos de vida, a Realme já aparece no sétimo lugar da lista. Passou de 2.8 milhõe de envios para uns impressionantes 7.2 milhões. Na quota de mercado isso deu-lhe uma subida de 1% para 2%.

Numa altura em que a China já esta a estabilizar, a Counterpoint afirma que os resultados deste segundo trimestre se farão ressentir ainda mais da pandemia. E marcas que não são fortes no mercado chinês, irão ressentir-se. Por outro turno, será interessante perceber até que ponto o iPhone SE pode alavancar as vendas da Apple.

Editores 4gnews recomendam:

  • OnePlus 8 Pro não é o smartphone mais potente de abril. Conhece o top 10
  • Xiaomi Pocophone F2 Pro: estes serão os preços do smartphone em Portugal (Exclusivo)
  • Xiaomi Mi Note 10 Lite é oficial: especificações de luxo a um preço que vais gostar!
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Colabora com a 4gnews desde 2017, e faz parte da redação desde 2019. Come especificações ao pequeno-almoço. brunocoelho@4gnews.pt