Galaxy_View_Main

A Samsung, quando anunciou o Samsung Galaxy S6 e S6 Edge, disse que “The Next big thing is here” ( A próxima grande coisa está aqui). Mas acho que trocaram os espaços temporais, porque foi desta que nos deu algo grande, bem grande.

A Samsung Galaxy View foi anunciada hoje pela sul-coreana com um ecrã de 18.4. Eu penso que a Samsung olhou para a apresentação da Apple e do iPad Pro com o sentimento de “Se eles fazem grande nós fazemos maior”.

   

Você

Vocês sabem que me questiono sempre sobre tablets Android. Acredito que um tablet é bem bacano para produtividade, certamente por isso tenho uma queda pelos Surface. Acho que o SO Android ainda não está apto para competir diretamente no que toca a ecrãs de maior dimensão. Mas quem sou eu para dizer isso? A Samsung acredita que esta é a altura ideal para fazer um equipamento grande e com potencialidades interessantes.

Galaxy_View_1028_wm

Para além do ecrã de 18.4 FHD, contamos com um processador Exynos 7580 a correr 1.6GHz, 2GB de RAM 16GB/32GB de memória interna e uma bateria de 5700 mAh, que me questiono se chegará para alimentar o bruto ecrã durante um dia de utilização.

O valor do tablet rondará os 600$, mas a sua disponibilidade ainda é uma incógnita. Questiono-me bastante sobre a sua presença na Europa.

Eu acho que não preciso de dizer o quão ridículo este tablet me parece, se o Android será um SO com poucas funcionalidades num ecrã grande. Dar-nos um ecrã de 18.4 num tablet sem nenhuma outra característica fora do normal e especificações modestas é absurdo. A Samsung referiu que este tablet seria para aqueles que gostam de ver conteúdos multimédia. Mas aqui é que penso: quem é que prefere isto a um PC e será que num avião passará como gadget ou será considerado mala de mão?

Talvez queiras ver:

 

😉

Viaphonearena
Fonteventurebeat
Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.