Representante da Huawei diz que a marca voltará a fazer um Nexus em 2016

Carlos Oliveira

Aproximámo-nos a passos lagos do verão e como tal é de esperar que novidades em torno dos novos equipamentos Nexus comecem a aparecer, visto que a sua apresentação deverá ocorrer no mês de outubro. Até ao momento, muito pouco se sabe ainda sobre os novos smartphones idealizados pela Google, especulando-se que os mesmos possam vir a ser construídos pela HTC e quem sabe tragam já um Android "menos puro".

Talvez queiras ver: família Huawei P9 naquele país. Em entrevista à Gearburn (fonte), Muniall, a certa altura, diz "voltaremos a fazer um Nexus este ano, a propósito".

Sendo ela uma alta representante da Huawei, será de acreditar que tenha informações relevantes relativas à empresa para a qual trabalha e, esperemos, que as diga em consciência. Pois estas declarações são fortes e tidas em linha de conta por toda a imprensa especializada, como o nosso caso. Ainda assim, não desaconselho a devida cautela na interpretação das mesmas, pois nada disto se traduz numa confirmação oficial.

Não sendo garantido que a Huawei venha mesmo a produzir um novo equipamento da linha Nexus para 2016, existem ainda rumores de um Nexus 6P melhorado, com um processador Snapdragon 820, e ainda a chegada de um novo smartphone desenhado com vista na Daydream, também desenvolvido pela marca Chinesa.

Depois do sucesso que o Nexus 6P obteve no ano transato, muitos ficariam certamente agradados com uma repetição da Huawei na produção de um Nexus. Caso tudo isto se venha a confirmar, ou não, novidades irão surgir, sem que sejam descartadas por nós.

Talvez queiras ver:

  • Honor prepara apresentação para dia 20, honor 8 a caminho?
  • Snapdragon 820 num Xiaomi de 4.3″ polegadas avistado online
  • Este poderá ser o primeiro olhar ao Samsung Note 6 edge
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.