Ao efetuar uma compra através dos links deste artigo, o 4gnews pode ganhar uma comissão. Conheça o nosso processo de seleção de produtos.

Redmi K50: próximo smartphone Xiaomi terá característica que vais adorar

Rui Bacelar
Comentar

A Xiaomi prepara atualmente uma séria renovação para as suas gamas de smartphones de gama média / alta. Com efeito, após a confirmação de lançamento dos próximos Mi 11T a 15 de setembro, temos agora novas informações sobre os Xiaomi Redmi K50.

Importa frisar que até ao momento, os Redmi K40 chegaram à Europa com novos nomes, a saber - POCO F3 5G - entre outros modelos da gama POCO. Agora, uma fonte de elevada credibilidade, aponta uma caraterísticas que vão adorar neste futuro smartphone Android da tecnológica chinesa liderada por Lei Jun.

O carregamento rápido a 120 W no próximo smartphone Xiaomi

Xiaomi Redmi K50

A Xiaomi tem feito grandes avanços no desenvolvimento de tecnologias de carregamento rápido ao longo dos últimos dois anos, sendo o padrão de 120 W o mais audaz até à data. Note-se que esta tecnologia de carregamento a 120 W é praticamente inaudita no mercado mobile, sendo um trunfo reservado para os melhores smartphones Xiaomi da atualidade.

Por outro lado, a fabricante chinesa também já estabeleceu outro recorde com o carregamento sem-fios até 100 W. Este é outro dos seus bastiões, também ele reservado para os melhores equipamentos a serem desenvolvidos pela empresa de Lei Jun.

Importa frisar, contudo, que no seu próprio mercado, fruto da legislação e regulamentos locais, esta carregamento sem-fios é limitado a 50 W de potência. Não obstante, a Xiaomi continua a aprimorar ambas as tecnologias de carregamento rápido.

A Xiaomi lidera com as suas tecnologias de carregamento rápido até 120 W

Xiaomi Redmi
Logótipo da Redmi, marca da Xiaomi dedicado aos smartphones de gama média e baixa.

Assim sendo, enquanto continua a explorar os limites do carregamento rápido, a Xiaomi também melhora gradualmente os seus telefones mais baratos. Mais concretamente, os elementos integrantes da gama de produtos Redmi e POCO, por exemplo.

Atualmente nos telefones Redmi encontramos um máximo de 67 W de potência de carregamento. É, para os padrões atuais, sinónimo de carregamento bastante rápido, muito acima da média quando olhamos para o demais mercado mobile.

Todavia, para a Xiaomi isto não basta. Assim, de acordo com o leaker Digital Chat Station, os próximos Redmi K50 terão até 120 W de potência de carregamento. Estes smartphones poderão chegar à Europa com a nomenclatura Xiaomi Mi 11T Pro.

Até 120 W de potência de carregamento nos Redmi K50 / Mi 11T Pro

Xiaomi Mi 10T Pro
O smartphone Xiaomi Mi 10T Pro custa atualmente 433,61 € na Amazon.ES

As informações são agora avançadas pelo leaker Digital Chat Station que sugere um novo smartphone Redmi disponível no mercado global a chegar no início do próximo ano. Os demais detalhes, além do carregamento a 120 W são, contudo, difusos.

Espera-se que este Xiaomi Redmi K50 seja um smartphone de gama média alta que, a par do carregamento rápido traga também um bom processador, possivelmente o Snapdragon 888 no modelo Pro.

Numa outra nota, há já rumores que sugerem a exploração do padrão de carregamento a 150 W agora que o padrão a 120 W se encontra desenvolvido e estabelecido. Segundo algumas fontes próximas da indústria, esta será a próxima meta da fabricante chinesa.

A Xiaomi fez manchetes com o carregamento a 200 W no Mi 11 Pro

Xiaomi POCO F3 5G
O smartphone Xiaomi POCO F3 5G custa atualmente 399,99 € na Amazon.ES

Aliás, recordamos a unidade do Xiaomi Mi 11 Pro modificado para aguentar o padrão de carga a 200 W. A Xiaomi fê-lo para quebrar novos recordes e dar a conhecer ao mundo os seus avanços nesta tecnologia de carregamento rápido.

Por conseguinte, tudo leva a crer que este continuará a ser o rumo da fabricante, sobretudo para os mercados globais. Esta é atualmente a 2.ª maior fabricante mundial de smartphones, sendo uma força a ser reconhecida no mercado global.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.