Realme lança dois "novos" smartphones! E está a cair no mesmo erro da Xiaomi!

Filipe Alves
Comentar

A Realme revelou de forma oficial dois novos smartphones. O Realme Narzo e Narzo A são os dois dispositivos que foram revelados, porém, estão longe de ser "novos" equipamentos.

Isto porque a Realme está a seguir os passos da Xiaomi. No bem e no mal. Temos equipamentos de qualidade com um preço apelativo, porém, estes novos Narzo são smartphones já lançados e apenas um nome diferente para um mercado diferente.

Realme 6i é o novo Realme Narzo

Realme 6i

O primeiro modelo é o Nazo. Que nada mais é que um Realme 6i. Modelo que já pode ser comprado no website oficial da Realme na Europa. De referir que a marca já está a enviar dispositivos para Portugal sem problemas. Ou seja, este modelo pode ser teu e está apenas à distância de um clique.

  • Ecrã 6.5" polegadas
  • Tecnologia de ecrã IPS LCD
  • Processador MediaTek Helio G80
  • Memória RAM de 3GB e 4GB
  • Memória interna de 64GB e 128GB
  • Expansão via MicroSD
  • 4 câmaras traseiras: 48MP "normal" + 8MP "grande angular" + 2MP "macro" + 2MP " profundidade"
  • Câmara frontal de 16MP
  • Sensor biométrico na traseira
  • Bateria de 5000 mAh
  • Carregamento rápido de 18W
  • Preço de 199.90€

Realme C3 é o novo Narzo A

Realme C3

O Realme C3 é o novo Narzo A. Um dispositivo de entrada com um preço mais apelativo. O terminal chega por 159€ e oferece características de qualidade para o seu valor.

  • Ecrã 6.5" polegadas
  • Tecnologia de ecrã IPS LCD
  • Processador MediaTek Helio G70
  • Memória RAM de 2GB, 3GB e 4GB
  • Memória interna de 32GB e 64GB
  • Expansão via MicroSD
  • 3 câmaras traseiras: 12MP "normal" + + 2MP "macro" + 2MP " profundidade"
  • Câmara frontal de 5MP
  • Sensor biométrico na traseira
  • Bateria de 5000 mAh
  • Carregamento de 10W
  • Preço de 159.90€

Realme está a cair no erro da Xiaomi

Realme novos smartphones

Estes novos Narzo são dedicados à Índia, ou seja, um mercado que precisa de uma atenção redobrada por ser o segundo maior do mundo. Contudo, continuo a acreditar que esta ideologia de mandar os mesmos smartphones com nomes diferentes não é a melhor.

Principalmente se a Realme quer criar impacto com os seus smartphones. A Xiaomi está a causar uma tremenda confusão com os Redmi, Pococphone e Xiaomi. A Realme parece que está a cair no mesmo erro. Esperemos sinceramente que esta ideologia de marketing não seja para continuar

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.