5 razões para comprar o novo iPhone SE 2020 da Apple

Rui Bacelar

A Apple anunciou o novo iPhone SE 2020, o novo telemóvel low-cost que chega a Portugal no dia 24 de abril. O preço começa nos 499 € na versão base com 64 GB, mas há várias razões para o comprar, sendo estas as cinco principais!

É possível fazer a reserva do novo telemóvel iOS a partir das 13 horas do dia 17 de abril, estando disponível em preto, branco e vermelho. O processador é o mesmo do iPhone 11 Pro, o preço é competitivo e as caraterísticas são promissoras.

1. Tamanho compacto e boa construção

Apple
O Apple iPhone SE 2020 está disponível em preto, branco e vermelho (product RED).

Dimensões: 138,4 × 67,3 × 7,3 mm
Ecrã: 4,7 polegadas IPS LCD Retina HD
Peso: 148 gramas

O novo iPhone SE (2020) tem um formato compacto e design idêntico ao iPhone 8, que veio substituir. A quem procura um telemóvel iOS que caiba confortavelmente na palma da mão, esta é a melhor opção, sendo relativamente pequeno e leve.

Mantém-se a ótima qualidade de construção a que a Apple nos habituou, independentemente do preço. Olhando para os rivais Android, é aqui que vemos sacrifícios na qualidade de construção e caraterísticas que ficam de fora.

Vale referir, contudo, o ecrã de 4,7 polegadas que tanto pode atrair, como afastar os consumidores. Há muito a gostar, e pouco a gastar - assim o coloca a Apple ao introduzir o novo SE.

2. Caraterísticas poderosas em 2020

Apple
O novo iPhone SE 2020 tem certificação IP67 que garante a resistência ao pó e à água.

Processador: A13 Bionic da Apple (7 nm+)
Bateria: 1821 mAh | Carregamento sem-fios Qi
Conexões: Bluetooth 5.0, NFC, GPS
Sistema: iOS 13

O maior destaque do iPhone SE (2020) é o processador A13 Bionic da Apple, o mesmo presente no iPhone 11 Pro, o topo de gama de 2019. Em perspetiva, isto é o equivalente a ter o Snapdragon 855 da Qualcomm num telemóvel Android de gama média.

A Apple não sacrificou no desempenho, aliás, colocou todos os recursos possíveis sem comprometer o preço. O A13 Bionic tem 6 núcleos (2 a 2,65 Ghz e 4 a 1,8 Ghz), além da gráfica com 4 núcleos dedicados para uma boa prestação em jogos.

Vale referir que o iPhone SE (2020) está disponível com 64, 128, ou 256 GB de armazenamento interno. O telefone Apple conta ainda com 3 GB de memória RAM, altifalantes duplos e gravação de áudio em estéreo.

O TouchID está de volta no iPhone SE (2020)

Apple
O leitor de impressões digitais repousa no botão central "Home" no iPhone SE (2020).

Outro dos traços clássicos, ainda apreciados pelos fãs da Apple, o TouchID está de volta no novo iPhone SE. O sistema de autenticação e desbloqueio utiliza um leitor de impressões digitais, presente no botão central "Home".

Temos ainda o acelerómetro, sensor de proximidade, giroscópio, bússola e barómetro a completar o leque de sensores. O telefone conta também com a assistente virtual, Siri, que pode ser ativada ao pressionar o botão central.

3. Design clássico com vidro e metal

Apple
O toque frio do vidro e a presença da estrutura metálica em alumínio são alguns dos destaques.

As linhas simples, em tudo similares ao iPhone 8, trazem-nos de volta um formato apreciado pelos utilizadores nas últimas gerações de telemóveis. No entanto, vale frisar que também as margens estão de volta, um tanto notórias, mas sem o notch do ecrã.

O resultado é um telemóvel iOS que, pelo menos no papel, não aparenta ter grandes compromissos face às variantes (muito) mais caras. Há um inegável apelo no design simples deste telefone, sobretudo para quem procura atualizar o seu iPhone antigo.

No entanto, este quesito é amplamente subjetivo. A aparência do telemóvel tanto pode agradar, como afastar potenciais consumidores, já o reconhecimento imediato dos traços deste produto é inegável, bem como o seu poder visual.

4. Câmara promissora de 12 MP

Apple
A câmara única, grande angular de 12 MP é completada pelo ótimo software da Apple.

Equipado com uma câmara traseira de 12 MP, com abertura focal de f/1,8, lente grande angular convencional, com 6 elementos óticos, focagem PDAF e estabilização ótica da imagem, OIS. A este hardware, a Apple junta vários trunfos de software.

O novo iPhone SE (2020) usa um sensor diferente do iPhone 11, apesar de partilharem várias caraterísticas no papel. Por exemplo, não temos o Modo Noite, mas temos o Modo Retrato com todas as opções de iluminação criativa que já conhecemos.

A gravação de vídeo também não desilude, podendo captar filmagens na resolução máxima 4K (Ultra-HD) até 60 fps, com estabilização cinemática da imagem incluída. Para selfies temos uma câmara frontal de 7 MP de abertura f/2,2.

5. Preço realista e competitivo

Apple
O novo iPhone SE (2020) começa nos 499 € na Europa e 399 $ nos EUA.

O maior destaque do iPhone SE (2020) é o preço em Portugal. O telefone custa 499 € (64 GB), 549 € (128 GB), ou 669 € (256 GB) e na variante Product RED as receitas são destinadas a causas humanitárias como o combate à SIDA e ao COVID-19.

Não é propriamente um telemóvel barato, mas é o iPhone low-cost que satisfará grande parte dos consumidores, sem sombra de dúvida. Além disso, é uma chamada de atenção ao "mundo" Android que tem subido consistentemente os seus preços.

Em síntese, este é o iPhone mais barato que poderás comprar em 2020, sem recorrer ao mercado de usados, ou semi-novos. No entanto, se estiveres à procura de um telefone ainda mais económico, vê o nosso guia de telemóveis recondicionados.

O iPhone que vem com tudo

Temos o processador mais potente, o tamanho mais popular e o preço bem acessível, sem abdicar de comodidades como o carregamento sem-fios, ou o carga rápida. Podes ver a nossa análise completa ao novo iPhone SE 2020.

O novo iPhone SE (2020) será uma boa oportunidade para trocar um iPhone 6, 6S e até os 7 que já apresentem alguma degradação, seja ao nível autonomia, como do desempenho. A quem tiver um produto mais recente, a troca é menos recomendada.

Vale ainda referir que em setembro de 2020 contamos com a próxima geração de telemóveis Apple, por isso, aproveita para ficar a par de todos os rumores sobre os iPhone 12.

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.