Qualcomm apresenta Snapdragon 8+ Gen 1, o SoC mais potente do mercado Android

Carlos Oliveira
Comentar

Sem fugir às suas promessas, a americana Qualcomm apresentou hoje os seus mais recentes processadores para o mercado Android. O protagonismo recai sobre o novo Snapdragon 8+ Gen 1, uma versão otimizada do Snapdragon 8 Gen 1.

Com esta versão melhorada do seu processador topo de gama, a Qualcomm manteve a litografia de 4 nm. Contudo, os melhoramentos que o novo SoC traz devem-se muito à adoção do processo de fabrico da TSMC em detrimento da Samsung.

Snapdragon 8+ Gen 1

Snapdragon 8+ Gen 1 é mais poderoso e mais económico energeticamente

Cumprindo com a tradição, a Qualcomm desvendou agora uma versão melhorada do seu processador mais poderoso. O Snapdragon 8+ Gen 1 implementa ligeiras melhorias face à versão base para dar ainda mais poder aos topos de gama do universo Android.

Em suma, temos melhor desempenho bruto, melhor desempenho gráfico e melhor processamento de Inteligência Artificial. O melhor de tudo é que estas melhorias beneficiarão de um menor consumo energético.

O Snapdragon 8+ Gen 1 mantêm os seus oito núcleos de processamento, contudo consegue trabalhar numa maior frequência. Em rigor, o novo SoC da Qualcomm pode chegar aos 3.2 GHz de desempenho, ou seja, uma melhoria de 10%.

Snapdragon 8+ Gen 1

Tais números refletem-se igualmente na sua gráfica GPU Adreno com grandes benefícios para quem usa o smartphone para jogar. Ademais, temos um incremento de 20% nos processos de Inteligência Artificial operados neste processador.

A nível fotográfico, o Snapdragon 8+ Gen 1 não revoluciona face ao seu antecessor. Temos os mesmos pergaminhos de gravação de vídeo em 8K HDR, modo de retrato em vídeo e suporte para sensores fotográficos de até 200 MP.

Snapdragon 8+ Gen 1 promete mais uma hora de gaming

O consumo energético é o parâmetro com maior evolução no Snapdragon 8+ Gen 1, com promessas de uma redução de consumo de 30%. Na prática, segundo a Qualcomm, isto representará uma hora extra de gaming quando comprados com o Snapdragon 8 Gen 1.

Noutros campos, a Qualcomm promove mais 8 horas de reprodução de vídeo, uma hora extra de navegação nas redes sociais ou mais 17 horas de reprodução de música. Contudo, só com os primeiros smartphones no mercado potenciados por este processador é que podermos avaliar a realidade destes números.

Snapdragon 8+ Gen 1

A otimização das marcas aos seus smartphones também será preponderante para a replicação destes valores numa utilização diária. As bases foram fornecidas pela Qualcomm e cabe agora às marcas saber aproveitar o poder que terão em mãos.

Nota ainda para a presença do módulo Snapdragon X65 com suporte para comunicações 5G de até 10 Gbps. Também será suportado o protocolo Bluetooth 5.3 e para o codec aptX para melhor qualidade de áudio.

Feita a apresentação oficial do Snapdragon 8+ Gen 1, cabe agora às fabricantes lançar para o mercado os seus produtos equipados com este SoC. Esses lançamentos deverão arrancar nas próximas semanas pela mão de marcas como a Xiaomi, Samsung, OnePlus, OPPO, Motorola e mais.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.