Processadores da Intel estão sujeitos a uma nova vulnerabilidade

Carlos Oliveira

Investigadores do Instituo Politécnico de Worcester e da Universidade de Lubeck descobriram uma nova vulnerabilidade nos processadores da Intel. Com o nome Spoiler, este ressuscita o escândalo associado ao Spectre e Meltdown.

Um dos pontos mais desconcertantes do Spoiler é a sua forma de atuação. Sendo capaz de atuar por via de um JavaScript ou website, facilmente este poderá ter acesso às tuas passwords, chaves de encriptação e outros dados.

Processadores Intel

Esta nova vulnerabilidade afeta apenas os processadores da norte-americana. Por conseguinte, os chips desenvolvidos pela AMD estão dispensados desta problemática. Cenário que já foi comprovado pelos investigadores das entidades acima referidas.

Processadores Intel estão agora a braços com a nova vulnerabilidade Spoiler

De acordo com os dados revelados, trata-se de um vulnerabilidade que afeta um vasto leque de processadores da Intel. Ademais, estando esta ao nível da arquitectura do processador, não será possível corrigi-la com uma simples atualização de software.

Por conseguinte, eles acreditam que a Intel deve repensar a arquitectura dos seus processadores. Um cenário que, a concretizar-se, irá aumentar ainda mais o fosso dos seus processadores face à sua concorrente.

Neste momento, a AMD já desenvolve processadores na litografia de 7nm. Em contrapartida, a Intel ainda se serve da litografia de 14nm, ou seja, bem mais desatualizada que a da sua principal concorrente.

Isto reflete-se numa performance e eficiência energética bem inferior à dos processadores da AMD. Tudo porque com a litografia de 7nm, esta consegue colocar mais transístores dentro de um chip bem mais pequeno.

Enquanto que a Intel parece querer atirar as culpas da origem do Spoiler para os programadores, a comunidade não acolhe essa desculpa. Com efeito, se esse fosse o caso também os processadores da AMD seriam afetados.

Em suma, a Intel necessita urgentemente de repensar o desenvolvimento dos seus processadores. Este é já o segundo escândalo de segurança nos últimos tempos e tudo indica que a sua forma de laboração esteja na origem.

Editores 4gnews recomendam:

Microsoft disponibiliza ‘Dark Mode’ para a App de email do Windows 10

AMD Ryzen 3000 ‘Zen 2’: serão estes os preços e especificações?

USB 4 vem aí e traz a velocidade do Thunderbolt 3 para todos

Fonte | Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.