Primeiro carro elétrico a combinar Android e processador ARM da Qualcomm chegou

Bruno Coelho
Comentar

Chama-se Renault Mégane E-Tech Electric, e foi oficialmente apresentado pela Renault esta segunda-feira. Este é o primeiro carro elétrico a combinar Android Automotive com um processador ARM da Qualcomm.

Precisamos de recuar até 2018 para a altura em que o grupo Renault-Nissan-Mitsubishi anunciou que iria passar a adotar de forma nativa o sistema operativo nos seus automóveis. A data assinalada para tal ter início era 2021, e a Renault não desiludiu.

Renault

Renault Mégane E-Tech Electric com Google Assistant e Play Store de forma nativa

Isto significa que o veículo conta com a assistente virtual da Google, mas também serviços como a Google Play Store ou o Google Maps no seu sistema de infoentretenimento. Tudo isto pode ser acedido em dois ecrã que juntos totalizam 24” polegadas.

android automotive

O ecrã principal é o típico “tablet” que vemos nestes veículos e dispõe de 12” polegadas com resolução de 1250 por 1562 pixeis. Neste podes aceder às tuas aplicações preferidas. O segundo ecrã de 12,3” polegadas com resolução de 1920 por 720 é um painel de instrumentos tátil que fica atrás do volante.

android automotive

Como podes ver nas imagens divulgadas, a navegação conta com cinco ícones principais de navegação, música, chamadas, mudança de perfil e definições do automóvel. A Renault afirma usar “a última geração do processador Snapdragon da Qualcomm”.

Recorde-se que o Polestar 2 (da marca de elétricos da Volvo) foi o primeiro automóvel com Android Automotive. Esse modelo e outros com a plataforma usam processador Intel, sendo este novo Renault Mégane E-Tech Electric o estreante no seio da Qualcomm. Chega Portugal no início de 2022.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.