Oukitel U22
Oukitel U22

A Oukitel tem vindo a trazer smartphones com relevância no mercado e o seu próximo Oukitel U22 encaixa perfeitamente no perfil. Depois de terem lançado o seu robusto K10000 Pro é a vez do U22 dar um ar das suas graças.

O smartphone desvendado pela empresa nos últimos dias chegará ao mercado em breve e vale a pena conhecer.

Vê ainda: Google está a trabalhar nos seus processadores de smartphone

   

O novo modelo da empresa chinesa oferece um ecrã de 5.5″ polegadas HD, processador de gama-baixa MediaTek MT6580A a correr 1.3GHz, 2GB de memória RAM e 16GB de memória interna com possibilidade de expansão via MicroSD.

O seu design é elegante e impossível não comparar ao iPhone 7 Plus. A empresa oferece ainda a versão “Jet Black” que, tal como o nome indica, é uma versão idêntica ao preto brilhante oferecido pela empresa de Cupertino.

O Oukitel U22 é um dos primeiros com 4 sensores fotográficos

Interessante referir que o Oukitel U22 oferecerá 4 câmaras no smartphone. Contaremos com as câmaras traseiras de 13MP + 2MP para adicionar efeito bokeh e na parte frontal duas câmaras de 8MP + 2MP, certamente para o mesmo propósito.

Ainda não é conhecida a sua qualidade de imagem nas fotografias ou vídeo, contudo, sendo ele um terminal de gama-baixa não espero que as fotografias possam ser comparadas aos topos de gama do mercado.

Ainda não sabemos o valor em concreto do equipamento, porém, a empresa está a sortear alguns modelos no seu site oficial, assim sendo, não percas a oportunidade de ganhar um de borla.

A bateria de 2500 mAh não me convence à primeira vista, mas tal como em todos os casos, só testando o smartphone é que saberemos se dará ou não para um dia de utilização sem problemas.

Ficaremos atentos ao desenvolvimento desta informação e se tivesse de adivinhar, apostaria que o terminal chegará por pouco mais de 100€.

Outros assuntos relevantes:

Samsung Galaxy J7 Pro e J7 Max anunciados oficialmente

Como visualizar facilmente sites bloqueados em Portugal

Xiaomi Mi 5 Pro explode, mas a Xiaomi não se responsabiliza…

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.