OPPO oficializa a entrada em Portugal! Xiaomi e Huawei que tomem cuidado!

Filipe Alves
Comentar

A OPPO tomou a apresentação dos seus novos produtos para informar aos portugueses que estava prestes a entrar no nosso mercado. Com a queda da Huawei e o ataque da Xiaomi no nosso mercado, este parece o momento correto para a entrada da marca no nosso país.

A OPPO, que faz parte da BBK Eletronics (também dona da Vivo, OnePlus e Realme), é a marca que mais vende smartphones da China e não admira. Os seus equipamentos são fantásticos, irreverente e, na maior parte das vezes, com um preço bastante aceitável.

A chegada da OPPO a Portugal

OPPO Portugal

A marca não deu detalhes de como será a sua entrada no nosso país. Porém, não me parece que venhamos a ter lojas oficiais. Em vez disso, é possível que vejamos em breve equipamentos da marca à venda nos típicos retalhistas do nosso país.

OPPO Portugal

Os preços não deverão ser muito diferentes do mercado asiático. Ou seja, os topo de gama serão puxados na carteira, mas oferecerão uma qualidade abismal. Já os terminal intermediários oferecem um preço seriamente competitivo.

Xiaomi e Huawei que tomem atenção à OPPO

A Huawei está numa situação diferente da Xiaomi. Com a impossibilidade de instalar serviços Google nos seus equipamentos, a Huawei luta fervorosamente para continuar relevante num mercado implacável.

Já a Xiaomi, que entrou de forma oficial no nosso país no ano passado com lojas oficiais, está a fazer um trabalho estupendo ao trazer mais do que smartphones às suas lojas.

Resta-nos saber como é que tudo se moldará daqui para a frente. Uma coisa te garanto. Vais querer estar atento às novidades da OPPO daqui para a frente. A marca tem tudo para ser um sucesso em Portugal.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.