OnePlus proíbe funcionários de responder a questões sensíveis sobre fusão com a Oppo

Bruno Coelho
Comentar

Esta semana ficou formalizado algo que era inevitável. Após anos de crescimento e reconhecimento por parte dos utilizadores, a OnePlus partiu para aquilo que foi descrito como uma “fusão” com a Oppo.

Imediatamente surgiu alguma confusão sobre o que visava esta fusão. Isto porque era reconhecido que a OnePlus já usava recursos de pesquisa de desenvolvimento da Oppo desde o final do ano passado, passando agora a atuar enquanto submarca desta.

Documento oficial revela vários pormenores da fusão entre OnePlus e Oppo

Esta confusão estende-se, claro, aos funcionários das próprias marcas. A OnePlus terá alegadamente escrito um documento a explicar todo o processo, e o leaker Evan Blass conseguiu uma cópia que publicou no Twitter.

Just received these talking points on the new relationship between Oppo and OnePlus. Might help to clear up some confusion. pic.twitter.com/mIVyjcmeKD

— Evan Blass (@evleaks) 18 de junho de 2021

O que salta imediatamente à vista é a proibição, por parte da OnePlus, avisando os funcionários para não responderem a quaisquer questões relacionados com os sistemas operativos. Isso e como esta fusão os pode afetar.

“Nota importante: não responder a quaisquer questões de Oxygen OS ou Color OS e visem o anúncio da fusão. Usem apenas a resposta abaixo: nós atualmente não temos nenhumas atualizações a dar sobre sistemas operativos. Por favor, fiquem atentos aos nosso canais oficiais”, pode ler-se.

Tal como o documento esclarece, a OnePlus vai partilhar ainda mais recursos com a Oppo, embora vá continuar a atuar como entidade independente. A nível global já foi esclarecido que a OnePlus vai continuar a usar o Oxygen OS, não pretendendo mudar para o Color OS da Oppo.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.