Home Android

OnePlus 5 e 5T já receberam o Projecto Treble da Google

Projecto Treble da Google é especialmente importante para os Programadores

Projecto Treble Google Open Beta notch OnePlus 6 OxygenOS Android Oreo iPhone X Xiaomi Mi 7 Android Samsung LG Xiaomi OnePlus 6 OnePlus 5T Cnet
Depois dos modelos de 2017, o futuro passará pela adoção da monocelha característica do iPhone X @cnet

A não implementação do Projecto Treble da Google nos seus mais recentes topos de gama, os OnePlus 5 e 5T acabou por resultar em várias críticas à marca. Os seus fãs e utilizadores, ávidos utilizadores do sistema Android, não ficaram propriamente contentes com a decisão. No entanto isso acaba de mudar.

Importa referir que todo este Projeto Treble da Google tem como objectivo uno e principal a redução da principal maleita do sistema Android, a sua fragmentação. Mais ainda, este “novo trunfo” já está obrigatoriamente presente em todo e qualquer dispositivo que traga o novo Android Oreo 8 de fábrica. Já as versões anteriores não estão obrigadas a fazer o mesmo.

Vê ainda: Xiaomi Black Shark. Smartphone para Gaming revelado em vídeo

Relembro que também a Nokia tomaria esta atitude pouco popular em não atualizar os seus smartphones existentes com o Projeto Treble da Google. Todavia, existe uma razão válida para tal uma vez que os dispositivos lançados com versões antigas não estão preparados para ele.

Ainda assim, apesar de ser possível atualizar os dispositivos existentes com o Projeto Treble da Google o processo não é isento de riscos. Ora, nenhuma fabricante quer arriscar comprometer a estabilidade dos dispositivos que já estão nas mãos do utilizador. Decisão que facilmente compreendemos.

Projeto Treble da Google chega aos OnePlus 5 e 5T

Olhando agora para o OnePlus 5 e OnePlus 5T, existe uma partição de sistema não utilizada em ambos os terminais. Algo que, segundo os peritos do portal XDA Developers se chama “last_parti”. Algo que pode ser utilizado para implementar o Projeto Treble da Google nos referidos dispositivos móveis. Por outras palavras, operando aqui uma analogia, imagine-se uma “gaveta”.  Algo que pode ser utilizado para introduzir o referido Projecto “anti-fragmentação” do sistema.

Projecto Treble da Google OnePlus 5T OnePlus 6 sensor de impressões digitais ecrã
O próximo topo de gama da tecnológica chinesa vai chegar ainda mais cedo @gizchina

Esta “gaveta” já foi testada por alguns programadores, nomeadamente pela equipa responsável pelo desenvolvimento da ROM LineageOS. Mais ainda, o programador em questão, de seu nick XiNGRZ, parte integrante da equipa da Mokee ROM mostrou ser possível dar este passo. Por outras palavras, já é possível implementar o Projecto Treble da Google no OnePlus 5 e OnePlus 5T. Todo o processo foi aqui detalhado pelo programador.

Projecto Treble já chegou a estes smartphones

Mais concretamente, através de um script, é possível aproveitar a partição de sistema que, de fábrica, está convenientemente livre em ambos os smartphones. Aí pode ser então colocada toda a vendor partition. Todos os ficheiros “/system/vendor”. Depois de implementado o Projecto Treble da Google é possível correr várias ROM’s sem metade do “trabalho” que até agora era necessário.

O programador detalharia o processo, arrancando a Resurrection Remix GSI nos OnePlus 5 e OnePlus 5T, processo detalhado no seu perfil da rede social Weibo. Ora, tudo isto se deve à partição não utilizada. À partição oculta dentro do sistema dos OnePlus 5 e OnePlus 5T. Permitindo assim aos programadores tirar proveito deste “espaço livre”.

O que mudará para o utilizador dos OnePlus 5 e 5T?

Seria graças ao trabalho deste programador que já é possível instalar (flashar) as mais recentes compilações. As nightly build’s da ROM Mokee. Já está disponível para o OnePlus 5 (download aqui) e para o OnePlus 5T (download aqui). Ao fazer a instalação desta ROM o teu OnePlus ficará assim compatível com o Projecto Treble da Google.

OnePlus 5 OnePlus 5T Projecto Treble da Google
Já podes tornar o teu smartphone desta marca compatível com a iniciativa da Google.

Posteriormente, poderás instalar com facilidade, rapidez e segurança, qualquer tipo de imagem de sistema genérica / Generic System Image ou GSI. O que é que isto significa? Para o utilizador comum será muito mais fácil correr, por exemplo, uma ROM LineageOS 15.1, Resurrection Remix ou várias outras ROM’s personalizadas.

Projecto Treble da Google é especialmente importante para os Programadores

Todo este procedimento é considerado não oficial. Uma vez que não foi implementado pela própria fabricante e sim por um programador independente. Ainda assim, para o utilizador comum dos OnePlus 5 e 5T não terá grande impacto, pelo menos para já. Já por outro lado, quando a marca anunciou a não adoção deste iniciativa a revolta dos fãs seria audível. Chegariam mesmo a iniciar uma petição no Chang.org que nunca chegaria a bom porto (não surtiu efeito).

Com efeito, as principais mais valias do Projeto Treble da Google serão sentidas pela comunidade de programadores. Por outras palavras, todo so seu trabalho será muito mais fácil. Ora, isto é algo que reduzirá os tempos de espera no desenvolvimento de novas ROM’s. Mais ainda, para equipamentos que contem com poucas ROM’s personalizadas como os terminais da Honor ou o Razer Phone isto são ótimas notícias. Os terminais poderão finalmente usufruir de mais atenção por parte dos criadores de novas ROM’s.

Por último, cumpre ainda salientar que marcas como a Google (naturalmente). E até mesmo a Huawei (uma boa surpresa), adotariam este Projecto Treble para modelos mais antigos. Ainda assim, em todo e qualquer novo smartphone. Já lançado já com o Android Oreo como sistema nativo, o Projecto Treble já estará presente.

E tu, tens algum OnePlus 5 ou OnePlus 5T?

Assuntos relevantes na 4gnews:

OnePlus 6 deixa antever as mudanças face ao OnePlus 5T

Sony PlayStation 5. Temos boas notícias, só em 2020!

Xiaomi marca apresentação para o dia 25 de abril, Mi 6X a caminho?

Fonte |

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).
Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia