O novo Samsung Galaxy Z Flip pode ser o início da revolução dos smartphones

Filipe Alves
Comentar

Este Samsung Galaxy Z Flip não é o primeiro smartphone dobrável da Samsung, porém, pode ser um dos mais importantes. Numa altura onde os smartphones são mais idênticos entre si, a Samsung quer distanciar-se ao lançar dois smartphones dobráveis para o mercado.

Com o primeiro, Fold, as coisas não foram tão bem quanto a Samsung desejava. A empresa teve problemas no seu lançamento e acabou por o lançar mais tarde do que o esperado. Numa altura onde o entusiasmo para gastar 2000€ num smartphone diferente não era tanto.

Samsung Galaxy Z Flip traz aquilo que muitos desejam

Portabilidade. É o fator em conta deste novo Samsung Galaxy Z Flip. A maioria dos smartphones estão cada vez maiores e por muito que as pessoas queiram reduzir o tamanho dos seus equipamentos, não querem abdicar de um fantástico display para consumir multimédia. É aqui que o Z Flip entra. Um smartphone com um ecrã grande mas que ao fechar nos dá a portabilidade que tanto queremos.

Este smartphone não nos tá a dar algo de novo senão um ecrã dobrável. Até porque este formato de smartphone já dominou o mercado no início dos anos 2000.

Mas, ao contrário do Razr 2019, com um smartphone deveras idêntico ao primeiro Razr (conhecido em Portugal por V3) que ganha por nostalgia, este Samsung Galaxy Z Flip aposta em trazer algo genuinamente novo. Algo que não foi feito no passado.

Não vai demorar até que esta ideologia de design domine o mercado

Samsung Galaxy Z Flip

Por muito que queira dizer que é já amanhã que teremos os bolsos cheios de smartphones "concha", não me parece que tal aconteça. Até porque o valor pedido por este Galaxy Z Flip (1529€) não é propriamente baixo. Porém, não é muito mais caro que um smartphone topo de gama "normal".

Samsung Galaxy Z Flip

Todavia, na tecnologia móvel os preços baixam rapidamente e a tecnologia fica acessível a todos. Não faltarão dentro de uns anos concorrentes no mercado a fazer o mesmo. Ironia do destino, certamente será a Samsung a fornecer os ecrãs para esses concorrentes.

Com mais concorrência melhor será o preço e espero sinceramente que no próximo ano por esta altura a Samsung já tenha o segredo de lançar um destes equipamentos por valores consideravelmente mais baixos.

Até lá fica a esperança que esta seja a revolução de design que tanto desejamos para o segmento mobile. Uma coisa é certa, assim que o valor seja mais acessível, será uma das minhas escolhas.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.