Sistema Solar

Já falamos de Marte como se a conhecesse-mos pessoalmente, mas a verdade é que o Homem nunca foi mais longe do que a Lua nas viagens espaciais. Não estou a dizer que não é um enorme feito, mas acredito que faltas de infra-estruturas fazem com que as viagens se tornem mais complexas.

Vê ainda: Space X utilizará o mesmo rocket pela primeira vez em setembro

   

Imaginemos que queremos ir de Bragança a Tóquio, poderemos garantidamente fazer a viagem sem parar, (imaginando que o teríamos um enorme depósito de gasolina) mas teríamos de levar mais mantimentos e seria garantidamente mais cansativo. Agora imagina que nessa viagem nem ir ao facebook poderias ir porque não tens internet.

extra_large-1467127084-cover-image

Pois bem, a Nasa pretende fazer das futuras viagens espaciais bem mais agradáveis com a possibilidade de se conectar à internet. Claro que não estamos a falar de um streaming Nextflix para o astronauta enquanto toma um sumo de puré de batata, mas algo que fará a exploração e comunicação espacial mais rápida e eficaz.

Honestamente não consigo descrever a tecnologia que roda à volta destas infra-estruturas (podes ver a explicação no vídeo em baixo), mas o objetivo é ir lançando satélites para o nosso Sistema Solar ligando-os uns aos outros transmitindo informação de forma mais eficiente.

Ainda estamos longe de viver “The Expanse” (Série de TV fantástica), mas é garantidamente o passo correto a dar para existir uma “Internet do Sistema Solar”.

Talvez queiras ver:

ViaIflscience
FonteNASA
Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.