A Microsoft é uma das maiores empresas do mundo. A empresa fundada por Bill Gates continua a ser a escolhida para incorporar a maior parte dos computadores do globo e não é de espantar.

Ao contrário de Mac, Windows 10 tem possibilidades infinitas. Embora seja uma pessoa que prefere MacOS, já me vi muitas vezes tramado porque o software necessário não é compatível com a maçã trincada.

   

Mas ao contrário do que acontece nos computadores, a secção mobile da Microsoft não está tão boa quanto isso. A empresa americana decidiu recentemente retirar os Lumias de forma oficial das suas “MicrosoftStores” e, numa jogada muito questionada, começaram a vender Samsung Galaxy S8 nos Estados Unidos.

Vê ainda: Windows 10 Mobile: estará a plataforma a caminhar para o seu fim?

Loja oficial Microsoft China

Mas a empresa vai ainda mais longe e em pleno 2017 podemos encontrar na loja oficial da Microsoft da China um Xiaomi Mi 5S à venda. Escusado será dizer que esta situação deixa os fãs de Windows 10 Mobile, que continuam esperançosos de um novo hardware, de uma forma cabisbaixa.

O prometido SurfacePhone parece que não vê a luz do dia e sem planos (pelo menos ao que parece) para novos smartphones, os amantes do Sistema Operativo continuam com uma escolha muito limitada sempre que querem ir às compras.

O Xiaomi Mi 5S que está à venda na loja Microsoft, e que por sinal é um ótimo equipamento, não tem Sistema Operativo Windows 10 como muitos acreditariam que pudesse acontecer. Em vez disso, o Xiaomi Mi 5S MicrosoftEdition conta com as aplicações do Office e Skype instaladas de origem no equipamento.

Esta não é a Microsoft que eu conheci!

É sempre bom referir que a Microsoft oferece 2 anos de garantia aos equipamentos vendidos, nesse aspecto é um ponto positivo.

Até ao momento tenho evitado falar do elefante cor-de-rosa neste cenário. Até que ponto tem lógica ver uma empresa como a Microsoft vender terminais Android a partir do momento que tem o seu Sistema Operativo e fãs tão dedicados em levantar o SO novamente?

Se és daqueles que consegues perceber esta jogada, por favor explica-me. Eu entendo que a Microsoft olhe de forma atenta para os seus softwares e queira vê-los em mais smartphones do que nunca, contudo, não sei até que ponto justifica deixar de investir no seu SO para começar a vender o concorrente.

Outros assuntos relevantes:

Note 8 não será similar aos Galaxy S8 e terá Dual-Câmara na parte traseira

Assistente de Atualização da Microsoft volta a ficar disponível para Mobile

A Microsoft oficializou que só contará com treze smartphones a partir de agora

ViaPhoneArena
FonteMicrosoft
Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.