Microsoft confirma que haverá despedimentos no departamento de vendas

Filipe Alves
Microsoft

A Microsoft está na luzes da ribalta nos últimos tempos. A empresa revelou-nos o mais recenteTelemóvel Nokia 3310 – Edição especial Putin – Trump

Desde o início desta semana tem havido rumores de fontes anónimas sobre a renovação do departamento de vendas da Microsoft. Esta quinta-feira, a Microsoft confirmou esses rumores.

Os despedimentos estão a ser realizados principalmente no departamento de vendas com objetivo em focar ainda mais a empresa na sua plataforma Cloud Azure e em produtos relacionados. Ou seja, toda uma equipa foi treinada durante anos para vender software para ser usado em desktops e servidores.

Os cortes na Microsoft vão permitir “alinhar os recursos certos para o cliente certo no momento certo…”

Diga-se que o importante neste momento é convencer os clientes a aceitarem os serviços na Cloud hospedados em DataCenters da Microsoft. A Microsoft afirma que os despedimentos vão ocorrer fora dos EUA e que representam 10% de todo o departamento de vendas.

Apesar de não ser uma boa noticia para todos, dados indicam que em 2016, houve um corte de 2.850 funcionários. Já no ano anterior, 2015, o corte foi de 7.000 funcionários. O New York Times publicou extratos de um e-mail interno escrito por Judson Althoff da Microsoft em que afirma que os cortes vão permitir “alinhar os recursos certos para o cliente certo no momento certo”.

Segundo a Bloomberg, a empresa tem alguma urgência em realizar a mudança para que possa passar à frente da atual líder do mercado Cloud, Amazon.com Inc.

Desde que o novo CEO, Satya Nadella está à frente da empresa, a mesma tem vindo ter algumas mudanças significativas em vários departamentos. Agora é a vez do departamento de vendas.

Outros assuntos relevantes:

Motorola apresentará novo smartphone no dia 25 de julho

Always on Display pode chegar em breve aos Google Pixel

Este clone do Apple iPhone 8 é simplesmente hilariante!

Por Fábio Machado para 4gnews

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.