Messenger Kids chega ao Brasil em Android e iOS. Portugal volta a ficar de fora

Bruno Coelho
Comentar

A versão do serviço de mensagens do Facebook, o Messenger Kids, arranca esta quarta-feira em 70 novos países (incluindo o Brasil), mas infelizmente não existe nenhum país europeu na lista. Isto significa que mais uma vez Portugal foi esquecido.

O Facebook continua a sua aposta do serviço em mercados em desenvolvimento. Mas em altura de pandemia, esta seria sem dúvida uma boa altura para lançar o serviço no nosso mercado.

O objetivo do Messenger Kids é providenciar um serviço de mensagens e videochamadas para as crianças se ligarem a amigos e família. Tem como grande particularidade os controlos parentais disponíveis.

As novidades desta versão:

Amizade supervisionada: Pais podem agora escolher permitir que os filhos aceitem ou rejeitem contactos;

Messenger Kids

Ligar as crianças através de Grupos: o objetivo desta funcionalidade é dar a permissão de que certos adultos, como professores ou treinadores, possam entrar em contacto com as crianças;

Messenger Kids

Ajudar as crianças a ligar-se a mais amigos: Pais passam a poder escolher partilhar o nome e a fotografia do seu filho com os contactos e os respetivos pais;

Messenger Kids

Numa altura em que as crianças têm aulas em casa, o Messenger Kids é uma ferramenta interessante de controlo parental. Embora tenha chegado ao Brasil, para já Portugal vai continuar fora de órbita do serviço.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Colabora com a 4gnews desde 2017, e faz parte da redação desde 2019. Come especificações ao pequeno-almoço. brunocoelho@4gnews.pt