MediaTek lança provocação afirmando que o domínio da Qualcomm poderá ter chegado ao fim

Mónica Marques
Comentar

Com o lançamento do processador Dimensity 8000, a Mediatek volta à carga no segmento de smartphones mais avançados e reacendeu a luta pela liderança do segmento.

Mas a guerra de palavras parece também estar a ganhar um novo fôlego, depois de um dos principais responsáveis da MediaTek ter afirmado que o domínio da Qualcomm pode ter chegado ao fim.

MediaTek ataca liderança de Qualcomm no segmento premium de smartphones

Foi logo no primeiro dia de março que a MediaTek revelou os novos processadores da série Dimensity 8000 que chegam para se posicionar no segmento de smartphones mais avançados, à semelhança do congénere Dimensity 9000 também da MediaTek e que foi lançado no final do ano passado.

Esta é mais uma tentativa da marca de penetrar no referido segmento de mercado, posicionando-se para "atacar" a liderança da Qualcomm. Mas não é apenas no "terreno" que as duas marcas travam uma acesa batalha, uma vez que também nos meios de comunicação social, periodicamente responsáveis das empresas trocam algumas provocações.

Desta vez, foi Chen Junhong, vice-gestor da MediaTek, que numa entrevista afirmou que o domínio da Qualcomm no mercado principal de processadores móveis pode ter chegado ao fim. Esta foi uma alusão bastante clara ao processador Dimensity 9000 e ao seu posicionamento no mercado.

Aliás, recentemente várias notícias têm também mostrado que o Dimensity 9000 da MediaTek já terá superado o Snapdragon 8 Gen 1 em alguns testes de benchmarking, o que tem vindo a contribuir para uma maior competitividade no segmento premium de smartphones.

Na mesma entrevista, o responsável da MediaTek aproveitou ainda para chamar a atenção para o novo processador Dimensity 8000 que chega para proporcionar uma "experiência emblemática em cenários como jogos, imagens e comunicação".

Dimensity 8000 e Dimensity 8100 não se destinam aos flagships

O mesmo responsável avança também que os dois novos processadores não se destinam aos smartphones flagships de cada marca, mas antes ao segmento high-end que se posiciona imediatamente a seguir.

Recorde-se que o Dimensity 8100 é uma unidade octa-core, em que quatro núcleos são Cortex A78 a 2,85 GHz enquanto que no Dimensity 8000 os mesmos núcleos atingem um máximo de 2,75 GHz. Saliente-se que ambos os processadores partilham o processo de construção e 5 nm.

Editores 4gnews recomendam:

  • Samsung Galaxy Awesome Unpacked agendado para março com novos Galaxy A
  • Xiaomi poderá lançar mais um modelo Redmi Note 11 na Europa
  • Xiaomi disponibiliza MIUI 13 a nível global para POCO X3 Pro
Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.