Os maiores youtubers portugueses com mais subscritores em 2019

Rui Bacelar

Selecionamos os melhores youtubers portugueses de comédia, gaming, sem esquecer a moda, beleza e lifestyle. Estes são os maiores youtubers de Portugal.

O critério principal são os subscritores de cada canal, importando também a nacionalidade, frequência de publicações e estado ativo do canal. Assim escolhemos os mais populares e os mais bem pagos dentro da plataforma YouTube.

1. Sir Kazzio (Anthony Sousa)

Atualmente é o maior youtuber de Portugal tendo em conta o número de subscritores, sendo também bastante popular no Brasil. Os seus conteúdos, de cariz descontraído, conquistam a preferência das crianças e adolescentes.

  • Subscritores: 5,1 milhões
  • Visualizações: 984 milhões
  • Género: Entretenimento
  • Aderiu ao YouTube a 07/04/2012

É um dos youtubers portugueses mais bem pagos, segundo a SocialBlade, com os rendimentos mensais a poderem chegar aos 5,4 mil euros, sendo também cobiçado pelas marcas, com reflexo também nas temáticas abordadas.

2. D4rkFrame (António Ramos)

O top de youtubers portugueses conta também com D4rkFrame, a figura que nos deu a conhecer onde moram os youtubers numa das suas séries de vídeos mais famosas. Os conteúdos conquistam os mais novos com a sua tónica jovial e brincalhona e especialmente focado em partidas, desafios e muita gargalhada.

  • Subscritores: 4,7 milhões
  • Visualizações: 699 milhões
  • Género: Entretenimento
  • Aderiu ao YouTube a 20/06/2013

Por mês os seus rendimentos podem chegar aos 35,5 mil euros. É também uma das figuras mais influentes no panorama digital nacional, algo que atrai o interesse de várias marcas.

3. wuant (Paulo Borges)

É o youtuber português com mais visualizações na plataforma. O jovem natural de Aveiro dá a conhecer a sua boa-disposição em todos os vídeos, saindo-lhe com naturalidade. É uma companhia assídua para os mais novos como crianças e adolescentes.

  • Subscritores: 3,58 milhões
  • Visualizações: 1044 milhões
  • Género: Entretenimento
  • Aderiu ao YouTube a 11/01/2012

Wuant está também entre os youtubers mais bem pagos de Portugal, com os rendimentos mensais a poderem chegar aos 68,5 mil euros. É também um dos parceiros favoritos de várias empresas a operar no espaço nacional.

4. Fer0m0nas (Miguel Campos)

É um ícone na cultura digital nacional e youtuber de 1.ª geração. Miguel Campos conquistou a fama com o "boom" do gaming na plataforma, sobretudo com o jogo Minecraft. Chegou a ser o maior youtuber de Portugal, estando agora mais afastado do YouTube.

  • Subscritores: 3,25 milhões
  • Visualizações: 591 milhões
  • Género: Entretenimento / Gaming
  • Aderiu ao YouTube a 17/10/2011

Atualmente as receitas mensais de Fer0m0nas com o YouTube serão escassas, cerca de 1200 € mensais. O youtuber, outrora dominante, passa já longos meses sem colocar novo conteúdo na plataforma mas continua a ser uma referência nacional.

5. Windoh (Diogo Silva)

De cariz descontraído, os vídeos de Diogo Silva podem ser descritos como vlogs em que dá a conhecer a sua rotina e atividades diárias de maior relevo. Rodeia-se de outros criadores de conteúdo, incluindo a sua atual companheira, Angie Costa.

  • Subscritores: 1,6 milhões
  • Visualizações: 699 milhões
  • Género: Entretenimento / Vlog
  • Aderiu ao YouTube a 02/04/2012

É um dos youtuber portugueses mais bem pagos e não esconde o seu gosto por carros. De acordo com as estimativas, por mês pode auferir até 22,3 mil euros consoante a época e preço da publicidade apresentada.

6. Nuno Agonia

O gosto pela tecnologia sempre pautou a tónica do canal SeeMee, entretanto rebatizado para Nuno Agonia. É um dos criadores mais antigos da comunidade portuguesa, tendo começado pelos tutoriais, então numa parceria com o blogue Pplware.

  • Subscritores: 1,2 milhões
  • Visualizações: 197 milhões
  • Género: Entretenimento / Tecnologia
  • Aderiu ao YouTube a 22/11/2012

Atualmente o youtuber é frequentemente convidado pelas marcas para dar a conhecer os seus produtos, sobretudo no ramo tecnológico onde agora se esmera no desempacotar dos mais variados gadgets e onde se nota o gosto pela qualidade de imagem.

As suas receitas mensais com o YouTube podem chegar aos 5,5 mil euros.

7. Pi (Miguel Monteiro)

  • Subscritores: 1,1 milhões
  • Visualizações: 90 milhões
  • Género: Entretenimento
  • Aderiu ao YouTube a 28/01/2016

Pi, nome artístico, é um dos mais recentes youtubers da alta esfera nacional. Juntou-se à então "casa dos youtubers" e a partir daí agarrou a sua escada para o sucesso, focando-se agora em partidas, desafios e brincadeiras com o colega, D4rkFrame.

É também um dos youtubers que despertam o interesse das marcas, com várias parcerias a permear os seus vídeos. Já mensalmente, pode auferir até 5 mil euros com o YouTube.

8. Tiagovsky (Tiago Saramago)

É no Norte que tem as suas origens e forte tónica, sendo também um dos mais antigos criadores de conteúdo para o YouTube. Tiago Saramago abdicou da formação secundária e académica para se dedicar ao YouTube, aposta cujos resultados estão à vista.

  • Subscritores: 942 mil
  • Visualizações: 356 milhões
  • Género: Entretenimento / Gaming
  • Aderiu ao YouTube a 04/09/2010

Os seus conteúdos são variados, ao sabor dos gostos dos seus seguidores. Começou pelo gaming e brilhou no Counter Strike. Agora desdobra-se em parcerias com marcas do mundo dos jogos e pode auferir até 22,5 mil euros por mês com o YouTube.

9. SEA3P0 (Catarina Lowndes)

O mundo colorido de Catarina foca-se na cultura Pop, filmes e em especial na cultura asiática. Há, nas suas produções, uma grande atenção à cor, elementos visuais e inspirações em grandes referências do mundo da animação e não só.

  • Subscritores: 809 mil
  • Visualizações: 49 milhões
  • Género: Entretenimento
  • Aderiu ao YouTube a 16/10/2011

Radiando uma aura eletrizante, Catarina já estabeleceu parcerias com várias empresas, das telecomunicações à tecnologia, sendo um rosto ideal e já familiar em muitas das campanhas publicitárias em Portugal, especialmente para os mais novos.

Os seus rendimentos mensais com a plataforma podem chegar aos 451 euros mensais.

10. JoãoSousa

A plataforma tem em João Sousa um dos maiores youtubers de Portugal e também um dos mais jovens. As temáticas focam-se no entretenimento, ao passo que o formato mais comum de vídeo no seu canal são os vlogs e reflexões do seu quotidiano.

  • Subscritores: 741 mil
  • Visualizações: 53 milhões
  • Género: Entretenimento / Vlog
  • Aderiu ao YouTube a 25/12/2015

João Sousa é um dos criadores em ascensão no YouTube com o próprio criador a procurar o seu formato ideal à medida que vai crescendo, também em número de subscritores como em idade.

Atualmente as suas receitas mensais com o YouTube podem chegar aos 5,7 mil euros.

11. Ric Fazeres

É um dos maiores nomes do gaming em Portugal, mantendo-se fiel à plataforma YouTube. Com conteúdos que atravessam plataformas, consolas e gerações, Ric faz o que gosta e fá-lo bem e com boa disposição.

  • Subscritores: 738 mil
  • Visualizações: 289 milhões
  • Género: Gaming
  • Aderiu ao YouTube a 20/08/2012

Continua a crescer em popularidade, tem já várias parcerias com diversas marcas do setor dos jogos e mensalmente pode ganhar até 24,6 mil euros com os proveitos gerados pelos seus vídeos.

12. owana

Estreou-se com o gaming e mais recentemente tem partilhado várias das suas viagens em formato vlog. O seu canal é composto por gameplay, desafios, muitas brincadeiras e também pela partilha das suas rotinas e aventuras recentes.

  • Subscritores: 492 mil
  • Visualizações: 30 milhões
  • Género: Gaming
  • Aderiu ao YouTube a 02/11/2015

Atualmente mantém um relacionamento com Paulo Borges (wuant), presença assídua em vários dos seus vídeos. Owana pode ganhar até 2,8 mil euros por mês com os seus vídeos no YouTube.

13. Alexandre Santos

Do Norte, com manifesto orgulho nas suas origens, Alexandre foi uma das figuras que ajudou a popularizar a plataforma YouTube em Portugal, nomeadamente com a saga "O Estrondo". Agora marca também presença em produções televisivas.

  • Subscritores: 476 mil
  • Visualizações: 82 milhões
  • Género: Comédia/Sketches
  • Aderiu ao YouTube a 20/01/2008

A sua popularidade continua a crescer, tanto na televisão como nas redes sociais e na plataforma de vídeos. Mensalmente pode ganhar até 2,9 mil euros com os frutos do seu trabalho no YouTube.

14. Mariana's Study Corner

Sejam dicas para acordar cedo e construir uma nova rotina, mais produtiva, ao iniciar da vida adulta, boa gestão financeira e muitas dicas de estudo! O canal da Mariana é de uma incrível a todos os níveis, mas tens que ser fluente em inglês.

  • Subscritores: 476 mil
  • Visualizações: 33 milhões
  • Género: Coach / Estudo / Motivação
  • Aderiu ao YouTube a 16/03/2015

A youtuber, de Lisboa, acrescenta diversidade e qualidade ao panorama nacional, sendo um canal extremamente útil! Mensalmente, a Mariana pode ganhar até 4,3 mil euros com as suas produções para o YouTube.

15. Miguel Luz

É um dos jovens produtores que facilmente podem transitar para a televisão. Sejam os sketches de comédia às produções mais longas, ou temáticas mais maduras. Miguel traz-nos um humor imbuído de reflexão e não desprovido de crítica social.

  • Subscritores: 476 mil
  • Visualizações: 82 milhões
  • Género: Comédia/Sketches
  • Aderiu ao YouTube a 22/09/2011

Com a plataforma, Miguel Luz pode ganhar até 1,9 mil euros por mês. É também um dos canais em marcado crescimento, refletindo também o aumento da sua popularidade nas redes sociais e demais vertentes públicas.

As maiores youtubers femininas em Portugal

As jovens youtubers portuguesas produzem conteúdos, sobretudo, mas não só, de beleza, lifestyle, moda e dicas de bem-estar. Para além do YouTube, alargam a sua esfera social ao Instagram, Twitter e Facebook, afirmando-se assim como influencers.

1. Inês Rochinha

A youtuber portuguesa, dento do género moda e beleza, com mais subscritores é a Inês Rochinha. Desde que criou o canal, em fevereiro de 2011, já conquistou uma forte presença digital e colaborou com várias marcas, desde o setor da moda às viagens.

A sua popularidade continua a aumentar e mensalmente pode ganhar até 3,7 mil euros em receitas provenientes do YouTube. Ao mesmo tempo, continua a apostar em novos projetos, ou rubricas para o seu canal e redes sociais.

2. Sofia Barbosa

Agora em nome próprio, Sofia é um ícone dentro da sua área da moda e beleza, produzindo vídeos desde 2012, começando assim com tenra idade a desenvolver uma forte presença digital que hoje chega a mais de 270 mil seguidores no YouTube.

Carismaticamente nortenha, Sofia é uma das maiores influencers digitais de Portugal, além de uma das maiores youtubers. Mensalmente pode auferir até 918 euros em proveitos diretos da plataforma.

3. Catarina Filipe

Sem papas na língua, ou falsas modéstias, a Catarina criou o seu canal em setembro de 2013 e já conta com 238 mil subscritores, além de 27 milhões de visualizações. É uma das estrelas em ascenção na plataforma, dentro da área de moda e beleza.

Com várias rubricas dentro do seu canal, desdobra-se também no Instagram e demais redes. Recentemente publicou também o seu livro. Já ao nível de possíveis receitas, os valores podem chegar aos 3,2 mil euros mensais oriundos do YouTube.

4. Mafalda Sampaio

É uma das youtubers femininas que ajudaram a criar toda a sua área em Portugal, além de ser uma das mais bem sucedidas no setor. Conhecida também por "Maria Vaidosa", nome que deu recentemente à sua revista, afirmando-se no mundo da moda e com uma grande presença nas redes sociais onde é influencer por excelência.

Atualmente a Mafalda dedica-se à família, sem esquecer o YouTube onde continua a publicar conteúdos com regularidade. As suas receitas mensais podem ir até aos 588 euros com os seus vídos de beleza, moda e lifestyle.

5. Helena Coelho

Com os tutoriais e dicas de maquilhagem a Helena Coelho afirmou-se como uma das youtubers femininas mais influentes de Portugal, dona de um canal vibrante onde continua a testar produtos de maquilhagem e dando a conhecer várias soluções.

Desdobra-se entre o YouTube e as redes sociais como o Instagram onde também é uma das maiores influencers do país. O seu canal continua a crescer, rendendo-lhe cerca de 1,8 mil euros por mês com a plataforma.

6. A Inês Ribeiro

O registo mais calmo da Inês valeu-lhe um público distinto e fiel, focando-se também em moda, beleza e lifestyle com a sua abordagem própria. Prima também pelas dicas de maquilhagem e adora o formato vlog para dar a conhecer os seus hábitos diários.

A sua presença online é notória, sendo outra das maiores influencers portuguesas no Instagram e demais redes sociais. Mensalmente, o YouTube pode render-lhe até 423 euros.

7. Glória Dias

Conhecida previamente por "A rapariga dos saltos", a mudança de nome acompanhou a evolução do YouTube, plataforma onde Glória Dias tem bastante experiência dentro do formato de moda, beleza e lifestyle, apostando cada vez mais na cinematografia.

O seu registo, coerente, transparece também nas suas redes sociais, principalmente no Instagram. Tendo-se juntado ao YouTube em junho de 2009, atualmente o canal pode render-lhe até 463 euros mensais.

8. Alice Trewinnard

A Alice aposta na moda, beleza e lifestyle, mas atualmente já toca em temáticas como o fitness e bem-estar. É também uma das amigas de Mafalda Sampaio, algo que se nota nas variadas colaborações entre ambas as youtubers nacionais.

O seu canal está em notório crescimento, podendo render-lhe até 2,3 mil euros por mês. Enquanto isso, a sua presença nas redes sociais, sobretudo no Instagram, também está a aumentar.

9. Adri da Silva

Adri especializa-se também em moda, beleza e lifestyle, mas num estilo bastante descontraída. No seu canal, em franco crescimento, partilha também dicas, tutoriais e partilha o seu gosto por tecnologia, fotografia e vídeo nas suas produções.

Os seus vídeos também utilizam o formato vlog para dar a conhecer as rotinas diárias e produções fora de casa. O seu canal de YouTube, criado em 2011, pode render-lhe até 3,3 mil euros por mês.

10. Bárbara Corby

A sua aventura na plataforma começou juntamente com a sua irmã, Bruna, tendo mais recentemente seguido um percurso a solo. É uma das maiores influencers de Portugal e a sua presença no Instagram consegue até superar a sua popularidade no YouTube.

Atrai várias marcas e atualmente o seu canal pode render até 2,6 mil euros por mês. Está em pleno crescendo, com o canal a acompanhar as suas rotinas, opiniões e várias dicas em torno do mundo da moda e beleza.

Os 10 maiores youtubers portugueses de comédia

Posição Youtuber Subscritores Visualizações
1.º Alexandre Santos 476 mil 82 milhões
2.º Miguel Luz 442 mil 51 milhões
3.º Rui Unas 423 mil 95 milhões
4.º Dant 377 mil 22 milhões
5.º Angie Costa 375 mil 26 milhões
6.º Mafalda Creative 330 mil 39 milhões
7.º Miguel Alves 332 mil 25 milhões
André Cabana 308 mil 29 milhões
9.º Miguel Paraiso 305 mil 41 milhões
10. Numeiro 262 mil 14 milhões

Comédia e entretenimento andam de mãos dadas no YouTube, reunindo vários dos canais e youtubers mais populares de Portugal. A lista apresentada reflete uma realidade multifacetada com vários dos canais a tocar também em outras áreas como o gaming.

Os 10 maiores youtubers portugueses de gaming

Posição Youtuber Subscritores Visualizações
1.º Tiagovsky 942 mil 365 milhões
RicFazeres 737 mil 288 milhões
3.º owana 493 mil 30 milhões
4.º TheRemedyChannel 333 mil 36 milhões

5.º

JamieDrakeHD 285 mil 45 milhões
6.º MissMushrooms 254 mil 47 milhões
7.º Chentric 189 mil 27 milhões
8.º Daizer 182 mil 34 milhões
9.º Alvini 127 mil 17 milhões
10.º Street 115 mil 12 milhões

O género gaming em Portugal continua vivo, ainda que não com a intensidade de outrora. Por esse mesmo motivo, há mais canais, outrora dedicados aos jogos, a voltarem-se para a comédia e, ao passo que outros como o Fer0m0nas, estão a abandonar a plataforma.

Acabamos também por não tocar em canais excelentes como o Môce dum Cabreste de Dário Guerreiro pela contagem de subscritores, não sendo caso único.

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.