LG G7 - teremos finalmente uma alternativa aos Samsung Galaxy S9?

Rui Bacelar
LG G6 4gnews Android Samsung Galaxy S9 LG G7
O G6 tinha tudo, ou quase tudo para finalmente se afirmar perante a concorrência.

Se é verdade que o LG G6 surgiu como uma das mais belas surpresas no início de 2017, o dispositivo nunca conseguiu afirmar-se como uma alternativa aos Samsung Galaxy S8. Seria essencialmente "traído" por dois factores. Um intrínseco e previsível. Outro, nem tanto, sendo até mesmo evitável. Agora, para 2018 a marca poderá finalmente trazer um LG G7 capaz de fazer frente aos Samsung Galaxy S9.

Note-se que para já ainda não temos a certeza de que o sucessor do G6 se chamará G7. Veja-se esta reportagem que aborda a possibilidade de a marca estar a ponderar outro nome para a sua linha de dispositivos topo de gama. Seja como for, espera-se um novo smartphone Android capaz de rivalizar com a Samsung e demais construtoras no mercado Android.

Vê ainda: Apple iPhone SE 2 pode chegar na Primavera com novos trunfos

Antes de me debruçar sobre as novidades do LG G7 seria imprudente não citar os dois aspectos que em última análise ditariam o insucesso do LG G6. Em primeiro lugar, o seu processador estava já ultrapassado no momento em que o smartphone foi apresentado. Essa é a mais pura das verdades.

As lições do LG G6 face aos Samsung Galaxy S8

Quando ficamos a conhecer o LG G6, no Mobile World Congress 2017 as nossas expectativas estavam em alta. A marca preparou uma belíssima apresentação mas depressa surgiriam os primeiros receios...

Expectativa que rapidamente se dissiparia quando se confirmou a presença de um "motor" de 2016 no suposto topo de gama para 2017. Na altura a Qualcomm já tinha apresentado o Snapdragon 835, tornando assim o Snapdragon 821 (presente no G6), um processador ultrapassado. Não obsoleto. Ultrapassado.

Seria uma "pedra no sapato" do qual o LG G6 nunca se livraria. Mas, para sermos justos, a LG terá optado por este SoC para colocar o seu novo topo de gama mais rapidamente no mercado. Aproveitando-se assim de um raro atraso da rival, Samsung em apresentar os seus Samsung Galaxy S8.

Ora, se o LG G6 tivesse efetivamente chegado ao mercado na semana a seguir à sua apresentação, antecipando-se assim em cerca de um mês à chegada dos S8, seria perfeitamente perdoável a utilização de um processador ultrapassado. Chama-se estratégia e apesar de esta não ser isenta de riscos, consigo reconhecer o seu potencial.

O destino viria a provar-se cruel para com os desígnios da LG. Apesar de ter sido "apressado" na apresentação, o G6 chegaria às lojas depois dos Samsung Galaxy S8. Este, por sua vez, só chegou às lojas em abril. A apresentação dos G6's teve lugar em fevereiro. A marca havia desperdiçado o único trunfo proporcionado por esta estratégia.

LG G6 chegou tarde demais para resistir aos Samsung Galaxy S8

LG G6 4gnews Android Samsung Galaxy S9 LG G7
Bem construído, o primeiro smartphone de gama alta com um ecrã 18:9 e uma câmara dupla...

Agora, está na hora de preparar uma resposta, uma alternativa aos Samsung Galaxy S9 e Samsung Galaxy S9 Plus. Dois smartphones que já estão a gerar bastante comoção no mundo Android. A Samsung já confirmou a apresentação dos Galaxy S9 e Galaxy S9 Plus no Mobile World Congress. A LG ainda não.

Será isto um indício de que em 2018 a LG tomará o seu tempo, atrasando até a chegada do LG G7 propositadamente? Caso isso signifique a presença de um processador topo de gama, neste caso o Snapdragon 845 então, força, apoiamos completamente esta estratégia.

LG G7 tem que brilhar para enfrentar os Samsung Galaxy S9

Agora, tal como nos conta o TheAndroidSoul, o cenário deverá ser mesmo esse. Teremos a presença do novo processador da Qualcomm. Para já ainda é apenas uma suposição com base em informações divulgadas no site britânico da própria marca (entretanto já removidas).

No referido site, a marca teria confirmado que o LG G7 seria o primeiro dispositivo da marca a utilizar a nova tecnologia Qualcomm Quick Charge 4.0. A nova geração de carregamento rápido, superando a anterior Quick Charge 3.0.

Agora, esta nova geração de Quick Charge está efetivamente presente no novo processador Snapdragon 845. Contudo, não é o único. Aliás, o SD 845 já suporta uma versão mais recente, a QC 4+. Somos novamente deixados com uma dúvida, divididos entre o SD 835 e o SD 845 para o LG G7.

Snapdragon 845 seria um trunfo do LG G7 frente aos Samsung Galaxy S9

LG G6 4gnews Android Samsung Galaxy S9 LG G7
Depois de um brando G6, a marca precisa de um forte LG G7 para fazer frente aos Samsung Galaxy S9

Já por outro lado, sabemos que os Samsung Galaxy S9 e Samsung Galaxy S9 Plus utilizarão este mesmo SD 845. Chegará nas variantes destinadas ao mercado norte-americano e não à Europa. Ora, uma vez que a Samsung costuma "esgotar" os primeiros lotes dos novos processadores. Isto poderia sem dúvida atrasar a chegada do LG G7.

Esperemos que em 2018 a história não se repita. Esperamos sinceramente que a marca nos surpreenda e traga um novo topo de gama capaz de fazer frente aos seus rivais. Para tal, poderá até manter os principais traços de design do G6. Terá, contudo, que trazer um hardware bem reforçado.

Esperamos ainda que a marca melhor a câmara frontal face ao topo de gama de 2017, esta foi alvo de bastantes críticas, revelando-se perfeitamente medíocre. Não fazia justiça a um flagship desta empresa.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Android Oreo no OnePlus 5 está perfeito com a OxygenOS 5.0.1

Estás a pensar comprar um smartphone Android? É melhor esperares…

Nokia Sleep – A Nokia quer ajudar-te a ter noites mais tranquilas

Fonte | Via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.