iPhone SE 3 poderá ter design bem diferente do esperado

Bruno Coelho
Comentar

O iPhone SE de terceira geração continua a alimentar muitos entusiastas tecnológicos. O smartphone é esperado algures durante a primeira metade de 2022, e até agora tem sido visto como apenas uma versão melhorada do anterior modelo, mantendo esse design iniciado pelo iPhone 8.

iPhone SE 3 pode chegar com o design do iPhone 11

Mas o mais recente rumor na rede social Weibo traz uma perspetiva diferente. Segundo o leaker Arsenal, o iPhone SE 3 poderá chegar com um design inspirado no iPhone 11 lançado em 2019.

A fonte refere que o smartphone usará, como esperado, o processador Apple A15 Bionic. Mas deverá ser uma versão com frequência mais baixa em relação ao que é usado nos recentes iPhone 13.

iPhone SE 3 é esperado entre março e abril de 2022

Este leaker afirma ainda que o smartphone será lançado entre março e abril de 2022. Esta é uma janela temporal que faz sentido, se tivermos em conta a altura em que o anterior iPhone SE também foi apresentado.

É impossível evitar falar do ‘elefante na sala’ deste rumor. Caso o iPhone SE 3 tenha o design do iPhone 11, será verdadeiramente interessante. Esse smartphone foi um sucesso, e um iPhone SE 3 baseado neste teria tudo para vingar.

Recorde-se que o iPhone 11 conta com um design mais recente, iniciado pelo pelo iPhone X em 2017. Este modelo conta com uma moldura arredondada (abandonada pelos iPhone 12), e tem a controversa notch no ecrã e um painel LCD.

A confirmar-se, este seria seguramente o último smartphone com um ecrã LCD com um processador de topo. E se há fabricante que pode fazer isso e ainda assim vender milhões, é a Apple.

Editores 4gnews recomendam:

  • Xiaomi apresenta nova Smart TV de 70” polegadas com preço de amigo
  • Xiaomi Watch S1 é oficializado: no novo smartwatch sensação
  • Apple: iPhone 15 Pro pode chegar sem esta entrada essencial
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.