iPhone com 5G e sensor biométrico no ecrã poderá chegar em 2020

Carlos Oliveira
Comentar

Blayne Curtis, analista da Barclays, espelhou no seu mais recente relatório as suas previsões para o futuro dos smartphones da Apple. Segundo ele, duas das mais esperadas funcionalidades para o iPhone chegarão finalmente em 2020.

Com efeito, Curtis refere que o primeiro iPhone com conectividade 5G chegará ao mercado no próximo ano. Mais importante que isso será finalmente a inclusão de um sensor de impressões digitais no ecrã.

iPhone

Esse sensor será acústico e cobrirá a totalidade o ecrã do smartphone. Isto significa que poderás atenticar-te em qualquer parte do ecrã do iPhone, ao invés de estares cingido a uma determinada área.

Esta é uma tecnologia que a Apple já patenteou, portanto, não é surpresa que venha a ser implementada. Aliás, acaba por ser uma boa notícia o facto de tal poder concretizar-se mais cedo do que alguns poderiam prever.

Curtis deixa-nos ainda a sua visão para os iPhone de 2019

No mesmo relatório, este analista faz ainda algumas previsões para os modelos a serem apresentados em setembro. Segundo ele, os novos iPhone XI trarão poucas diferenças estéticas, com exceção da sua tripla câmara e aquele módulo quadrado.

Além disso, o 3D Touch será removido de todos os modelos para 2019. Já o novo iPhone XR 2019 terá um aumento de RAM, que passará dos atuais 3GB para os 4GB.

iPhone XR

Já em 2020, podermos ter o renascer do iPhone SE, desta feita com os internos do iPhone 8. Esta informação proveio de alguns fornecedores da Apple, embora não seja uma informação transversal. Desse modo, devemos ler este dado com uma particular dose de ceticismo.

Aliás, todas estas informações devem ser tomadas em conta com alguma cautela. Nada nos garante que as mesmas se venham a concretizar, mas podem ser um presságio para o futuro dos equipamentos da Apple.

Em setembro próximo teremos a apresentação dos supostos iPhone XI e iPhone XR 2. Mais dados sobre os mesmos certamente irão surgir, agora que nos aproximamos cada vez mais do momento da sua revelação.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.