iPhone 14 e iPhone 14 Max: mas afinal quais são as diferenças?

Mónica Marques
Comentar

iPhone 14 e iPhone 14 Max vão ser apresentados em setembro juntamente com as versões Pro de cada um destes modelos.

Já se sabe que a Apple, nesta nova geração, vai diferenciar as variantes Pro das não Pro. Mas afinal quais são as diferenças entre o iPhone 14 e 14 Max? São poucas, mas podem transformar-se num fator decisivo de compra.

Modelo mini de iPhone vai ser abandonado

Apple iPhone 13
O tamanho maior do iPhone 14 Max pode permitir que este tenha uma bateria maior como também faça uma melhor gestão da temperatura Crédito@Apple

A nova geração de smartphones da Apple chega em setembro deste ano. Desta vez, a empresa de Cupertino vai lançar quatro novos modelos: iPhone 14, iPhone 14 Max, iPhone 14 Pro e 14 Pro Max. Aparentemente, a marca de Tim Cook vai abandonar a variante mini normalmente disponibilizada em cada geração de iPhone.

Outra das informações que é praticamente certa é que a marca vai diferenciar os seus modelos Pro das versões não Pro, sendo que os primeiros vão chegar equipados com mais novidades, como novos sensores para fotografia e um processador mais potente.

Mas afinal de que forma é que a Apple vai diferenciar o iPhone 14 do 14 Max? Desde logo, o nome dá-nos a pista da principal diferença entre ambos: o 14 Max terá um ecrã com 6,7 polegadas enquanto que o modelo padrão 14 terá um painel com 6,1 polegadas.

De resto, ambos vão manter a taxa de atualização de 60 Hz e, mais uma vez, não vão integrar a tão aguardada tecnologia ProMotion para uma atualização de 120 Hz que está reservada para os modelos Pro da nova geração do iPhone.

Por outro lado, ambos vão também incluir a porta Lightning para carregamento de bateria e transferência de dados. Mas possivelmente estes vão ser os últimos modelos a fazê-lo, talvez o iPhone 15 venha já equipado com a tão desejada porta USB.

Processador antigo, mas mais memória RAM

Até agora, os rumores avançados sobre o processador integrado nas variantes 14 e 14 Max tem suscitado algumas preocupações entre os utilizadores iOS. Tudo porque é avançado que ambos os modelos vão manter o mesmo chip A15 Bionic do iPhone 13.

Parece que o novo processador A16 Bionic está reservado para os iPhone de topo, ou seja, modelos Pro. Mas para compensar tal facto, a Apple poderá artilhar as versões 14 e 14 Max com mais memória RAM, passando dos 4 GB para os 6 GB integrados.

Neste ponto em específico, os modelos podem apresentar uma pequena diferença. Devido ao seu tamanho maior, espera-se que o iPhone 14 Max lide melhor com a questão de gestão de temperatura do que o iPhone 14. Mas, uma vez que vão estar equipados com o mesmo chip, será mesmo apenas por o Max fornecer dimensões maiores.

iPhone 14 Max pode ter melhor qualidade de áudio e fornecer mais autonomia

A mesma situação pode acontecer com a qualidade áudio dos novos modelos não Pro do iPhone 14. Na atual série do iPhone, o modelo Max tem mostrado um melhor desempenho de som, graças às suas dimensões maiores. E, provavelmente, vai acontecer o mesmo com a geração 14 pelas mesmas razões.

O tamanho também irá fazer alguma diferença na autonomia de bateria. À semelhança do que acontece com a geração atual, o iPhone 14 Max muito possivelmente vai integrar uma bateria maior que, juntamente com uma melhor gestão térmica, pode fornecer dois dias úteis de bateria, sem carregamentos pelo meio. Já o modelo 14 deve ficar-se por autonomia para um dia inteiro de utilização.

A diferença óbvia entre os dois modelos, o tamanho, é que terá de ditar a escolha por um deles. Todos os utilizadores que consigam lidar com um smartphone com 160,8x7,81x7,65 mm de dimensões e com um ecrã de 6,7 polegadas, estão preparados para acolher o modelo 14 Max.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.