iPad Pro receberá uma das principais novidades do iPhone 13 Pro

Carlos Oliveira
Comentar

Algo que diferencia o iPhone 13 Pro dos seus antecessores é a inclusão de um ecrã ProMotion com taxa de atualização de 120 Hz. Embora essa tecnologia já faça parte do iPad Pro desde 2017, o tablet da Apple não tem a mesma flexibilidade do seu novo smartphone.

Contudo, essa lacuna será resolvida nos próximos anos. Essa é a convicção de um novo relatório da publicação da The Elec, que nos revela ainda quando chegará o iPad Pro com ecrã OLED.

iPad Pro terá ecrã com taxa de atualização entre os 10 Hz e os 120 Hz

Tal como sucede com o iPhone 13 Pro, a futuro do iPad Pro passa por uma taxa de atualização mais ampla. Em rigor, a Apple planeia introduzir a mesma variação entre os 10 Hz e os 120 Hz.

iPad Pro

Vale relembrar que o iPad Pro já conta com taxa de atualização variável desde 2017, porém, com um mínimo de 24 Hz. O novo relatório sobre o qual nos debruçamos agora refere a implementação de um painel LTPO que poderá descer até aos 10 Hz.

Este mínimo de atualização do ecrã será alcançado quando o iPad Pro apresentar conteúdo com menor exigência. Por exemplo, quando o utilizador estiver a ler algum texto, cenário onde não é necessária uma atualização tão elevada, possibilitando uma maior salvaguarda de bateria.

Esta novidade chegará apenas em 2023 ou 2024

A parte menos positiva desta notícia tem que ver com o timing de lançamento deste modelo. A fonte refere que o iPad Pro só receberá um ecrã LTPO em 2023 ou 2024.

Será aí que a Apple transitará finalmente para os painéis OLED no iPad Pro. Esta é uma das melhorias mais esperadas para a linha de tablets da americana, mas que parece estar ainda um pouco distante.

No entanto, este calendário corrobora rumores anteriores afetos ao primeiro iPad Pro com ecrã OLED. Ou seja, é cada vez mais provável que tenhamos de esperar, pelo menos, dois anos por esta novidade.

Entretanto, rumorejou-se que a Apple desistiu dos planos para o lançamento de um iPad com ecrã OLED já em 2022. Mais um dado que aponta no sentido da veracidade daquilo que este relatório revela.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.