iPad comemorou 10 anos. Conhece um pouco da história do tablet mais influente

António Guimarães
Comentar

O iPad original foi lançado no dia 3 de abril de 2010, marcando mais uma revolução na tecnologia, responsabilidade da Apple. Embora não fosse o primeiro equipamento do género, o iPad popularizou a utilização de um aparelho com ecrã grande e funções de produtividade.

Por mais que se critique Steve Jobs, o falecido CEO da Apple sabia fazer apresentações de produtos. Recorda a apresentação do iPad em 2010.

Primeiro iPad tinha apenas 256 MB de RAM

Hoje em dia, um tablet ou telemóvel com menos de 1 GB de RAM é impensável. Há 10 anos atrás, o primeiro iPad apenas possuia 265 MB de RAM. Na altura criticado, mas graças ao iOS a experiência era fluída e agradável, no seu ecrã de 9.7 polegadas de resolução 1024 x 768.

sdffdf
Primeiro iPad chegou com um preço de 499 dólares

O vidro era resistente a riscos e já possuia cobertura oleofóbica para uma melhor sensação tátil. Foi lançado originalmente com o iOS 4 e ficou-se pelo iOS 5.1.1.

iPad Air e iPad Pro foram segundas revoluções

Em 2017, a Apple lançou os iPad Air e iPad Pro, como alternativas ao iPad original. À semelhança da linha Macbook Air, o iPad Air foi lançado como o tablet intermédio, entre a versão normal e Pro. O tablet é mais leve, compacto e mantém especificações potentes, semelhantes ao iPad Pro.

Este último foi anunciado como a derradeira experiência no iPad. Com o iPad Pro, utilizadores podiam consumir multimédia mas também trabalhar, eventualmente com a introdução dos acessórios Apple Pencil e Smart Keyboard.

iPads continuam a ser uma referência até hoje

Com a introdução do iPadOS (iOS 13), os tablets da Apple ganharam uma nova vida. O sistema operativo permite melhor multitarefa como nunca visto e integração com rato e teclado Bluetooth.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.