iOS 15.2: Apple lança recurso de segurança há muito pedido

Mónica Marques
Comentar

Na próxima atualização do iOS 15, o sistema operativo vai receber um novo recurso de segurança há muito pedido pelas organizações de proteção infantil e pelos pais.

Na prática, com a atualização os menores de idade sempre que tentarem enviar ou abrir fotos explícitas vão receber uma notificação.

Crianças vão ser notificadas sobre conteúdo explícito

Foi no verão deste ano que a Apple anunciou que estava a preparar um recurso de segurança para os utilizadores menores do iOS. Mas desde o anúncio, a empresa ajustou um pouco a sua ideia inicial e assim na próxima atualização do sistema operativo apenas os utilizadores menores vão ser notificados, sempre que tentarem enviar ou visualizar conteúdo explícito.

Esta notícia surge depois de terem sido revelados os resultados de um estudo feito junto dos utilizadores mais novos das novas tecnologias. De acordo com os resultados publicados, 14% de crianças entre os 9 e 12 anos enviaram imagens explícitas no ano passado, contra 6% registados no ano anterior.

Ainda segundo o mesmo estudo, em 2020 21% das crianças dessa faixa etário consideravam normal o envio destas imagens; em 2019, essa percentagem situava-se nos 13%.

Novo recurso de segurança infantil começará a ser disponibilizado nos EUA

A Apple quer travar esta situação e afirma que as notificações servem para permitir que a criança mude de ideias, quanto a enviar ou visualizar o conteúdo. Assim, o novo recurso de segurança infantil começará por ser disponibilizado nos Estados Unidos da América, seguindo depois para as restantes regiões.

O novo recurso poderá ser acionado através da configuração Family Sharing. Já o seu funcionamento envolve um algoritmo baseado em Inteligência Artificial que deteta este tipo de conteúdo na aplicação Mensagens.

Mais equipamentos Apple vão receber este recurso de segurança

Assim que o conteúdo é detetado, o sistema exibe a notificação e a imagem fica desfocada, até que o utilizador menor decida visualizar (ou não) o conteúdo. Além de uma notificação, o utilizador irá receber também a sugestão de que deve mostrar a mensagem a uma pessoa adulta de confiança.

A Apple planeia estender este recurso de segurança infantil ao tablet iPad e ao macOS. A empresa esclarece ainda que não consegue ter acesso ao conteúdo explícito enviado entre utilizadores, devido à encriptação das mensagens.

Editores 4gnews recomendam:

  • Apple vai surpreender em 2022 com estes novos designs no iPad Pro e Mac Pro
  • Apple: MacBook Pro pega fogo de forma inesperada
  • Apple Watch SE 2: o próximo smartwatch acessível?
Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.