Huawei Nova 3 passa pela TENAA confirmando o seu design

Carlos Oliveira
Na foto: Huawei Nova 2

O Huawei Nova 3 tem sido tema de notícia constante ao longo dos últimos dias. Ainda no dia de TENAA, podemos já elucidar os nossos leitores para qual será o aspeto deste smartphone.

Como podes ver pela imagem, o Huawei Nova 3 será mesmo aquele equipamento que vimos no passado sábado ser referenciado como o possivel Huawei P11 Plus. Afinal de contas, o sensor de impressões digitais deste equipamento irá mesmo transitar para a parte frontal do equipamento, logo abaixo do seu novo ecrã de 5.93 polegadas Full-HD+, com um rácio de 18:9.

A apresentação do Huawei Nova 3 deve estar muito próxima de acontecer

Tirando este pequeno pormenor, o novo Huawei Nova 3 será mesmo muito idêntico ao novo Honor 7X, quer no seu ecrã, quer no aspeto do seu painel traseiro. Também as suas especificações se deverão manter praticamente idênticas, tirando o seu processador e a resolução das lentes da sua câmara principal.

Com efeito, espera-se que o Nova 3 conte com um processador Kirin 670, 3GB de RAM e ainda 32GB de memória interna. A sua bateria deverá ser de 3340mAh e o tão famoso jack audio de 3.5mm deverá marcar presença na parte de baixo deste equipamento.

As melhorias também se farão sentir no departamento fotográfico, sendo esperado que este smartphone conte com duas lentes tanto na parte frontal, como na parte traseira. A câmara principal deverá então ser composta por um sensor de 16MP RGB e um monocromático de 20MP. Já na parte frontal deveremos ver um sensor de 20MP acompanhado por um de 2MP.

Rumores haviam avançado que o Huawei Nova 3 poderia ser desvendado já no próximo mês de dezembro. Com a constante revelação de novidades relativas ao mesmo, começo a acreditar seriamente neste teoria.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Xiaomi Mi 7 – Surge o primeiro leque de especificações deste topo de gama

Apple poderá investir num iPhone Dual-SIM para o ano!

YouTube voltou ao Amazon Echo Show ao estilo do que a Google fez à Microsoft

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.