Huawei - Kirin 970, o "coração" do Huawei Mate 10 já está a ser produzido

Rui Bacelar
Huawei Kirin 970
"Kirin", a linha de processadores desenvolvida pela chinesa Huawei - Crédito: Huawei

O Huawei Mate 10 será o próximo topo de gama chinesa e chegará em outubro. No seu interior, para além do novo processador Kirin 970 poderemos ter ainda uma IA (inteligência artificial). Até lá teremos os anúncios da Samsung, Nokia, LG, Google e claro, da Apple com o seu iPhone 8.

Vê ainda: Marketplace – Já conheces o novo rival do OLX no Facebook?

Atualmente a Huawei já é a terceira maior construtora de dispositivos móveis e smartphones. Agora, esta gigante chinesa estará a preparar-se para apresentar e lançar nos mercados o seu topo de gama para o final do ano. Sabe-se que chegará em outubro, terá algum grau de inteligência artificial como tem vindo a ser sugerido pela marca e deverá contar com um ecrã quase sem margens laterais.

Agora, de acordo com várias fontes chinesas como o gizmochina, já estará a ser produzido em larga escala o novo "motor" Kirin 970. Este Huawei Mate 10 já tem data de apresentação marcada. Dia 16 de outubro em Munique, Alemanha. Vamos conhecer melhor o seu potencial.

Kirin 970 será o processador do Huawei Mate 10

O mercado mobile é incapaz de abrandar o ritmo e agora que já ficamos a conhecer todos os topos de gama para a primeira metade do ano, a gigante chinesa já está a preparar o melhor dos seus dispositivos. Chama-se Mate 10 e quer conquistar um lugar de destaque, junto do iPhone 8.

Huawei Mate 10 Inteligência Artificial
Richard Yu, gestor de produto da Huawei

Aliás, o próprio gestor de produto da Huawei afirmou que o Mate 10 iria arrasar o iPhone 8 e é certo que poderá ter uma melhor autonomia, performance ou mesmo uma melhor câmara mas o verdadeiro sucesso de um produto avalia-se pela sua aceitação e procura no mercado. Algo que o iPhone 8 facilmente dominará.

“Teremos um produto ainda mais poderoso” refere Richard Yu durante uma entrevista à Bloomberg. “O Mate 10 terá uma autonomia de bateria muito superior com um ecrã margem-a-margem, carregamento rápido da bateria, capacidades fotográficas melhores e muitas outras características que nos ajudarão a competir com a Apple”, acrescenta Yu.

Algo que destacará o Huawei Mate 10 dos demais será sem dúvida o seu potente "motor" ou "coração", o SoC (system-on-chip) Kirin 970. Este processador ainda não foi apresentado mas sabemos que está a ser desenvolvido depois de inúmeras fontes chinesas relatarem a sua existência e, mais recentemente, o início da sua produção em massa.

Quais as configurações do Kirin 970 da Huawei?

Hoje as novidades chegam-nos de Taiwan, o país que alberga marcas como a ASUS e onde são produzidos imensos processadores para os dispositivos móveis graças à TSMC.

Esta foi a construtora que produziu os Kirin 960 presentes em todos os dispositivos de gama alta da marca chinesa e da sua sub-marca, a Honor. Agora, as linhas de produção estarão já ocupadas com o Kirin 970 que marcará presença no Huawei Mate 10.Huawei Kirin 970 Mate 10

Este Kirin 970 da Huawei deverá manter a sua arquitectura com um CPU Cortex A73 (apesar de poder utilizar núcleos com arquitectura de Cortex A75), sendo a sua principal melhoria face à geração anterior a gráfica ou GPU. Este "motor" terá 12 núcleos, sendo portanto um deca-core.

Com este novo "motor" a Huawei quer colocar o seu Kirin 970 à altura do melhor processador da Samsung, o Exynos 8895 e o melhor da Qualcomm, o Snapdragon 835. Para tal, este Kirin 970 deverá utilizar uma litografia de 10nm, tal como os seus rivais.

Resumo das especificações do Huawei Mate 10

  • Ecrã / tela de 5.7 – 6 polegadas
  • Tecnologia Full Screen Display
  • Resolução Quad-HD (2160 x 1440p)
  • 6GB de memória RAM
  • 128GB de armazenamento interno
  • Expansão via microSD
  • Nova Inteligência Artificial (AI)
  • Sistema operativo Android 7.1.1 Nougat
  • Interface EMUI da Huawei
  • Câmara traseira dupla – Leica
  • Câmara frontal dupla
  • Leitor de impressões digitais /sensor biométrico
  • Processador Kirin 970
  • Certificação IP68 – provável

Acredito que o grande trunfo deste equipamento será mesmo a sua tela ou ecrã. Aliás, segundo avança o site Android Headlines teremos, no Mate 10, uma tela que tem vindo a ser desenvolvida pela JDI. Trata-se de um ecrã com perto de 6 polegadas e resolução Quad-HD 2160 x 1440p, o “Full Active Display” ou “Full Screen Display“ que já vimos em vários dos seus rivais.

Já vimos a abordagem da Samsung e da LG no que toca a este novo tipo de ecrãs e mais certamente estará por vir. O novo Huawei Mate 10 será o primeiro equipamento da marca com um ecrã de margens reduzidas e que deverá ficar conhecido como EntireView Display.

Quais as tuas expectativas para o Huawei Mate 10?

As margens essas são para “desaparecer”, uma das tendências que se tem vindo a verificar em 2017. A câmara fotográfica sabemos que continuará a ser outro dos ex-líbris da marca, sobre isso já nem precisamos de falar.

Para mais informações sobre tudo o que é tecnologia falada em português segue a 4gnews. Acompanha-nos no Facebook, Instagram e claro, no YouTube onde terás também as nossas LiveCasts semanais.

Quais são as tuas expectativas para este Huawei Mate 10? Conseguirá rivalizar com a próxima geração de iPhone's da Apple?

Outros assuntos relevantes:

Apple iPhone 8 Blush Gold – esta será a nova cor

Xiaomi disponibiliza segunda beta fechada da MIUI 9 a 12 modelos

Podcast – À conversa com Joel Santos: O setor mobile está farto de arroz!

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.