Inteligência Artificial Cérebro Humano Huawei Mate 10
Qual a relação do ser humano com a Inteligência Artificial? A Huawei explica @Forbes

O Grupo Huawei lançou os resultados de um estudo feito na Europa. Estudo se debruça sobre as semelhanças entre o cérebro humano e a Inteligência Artificial, um dos grades trunfos e vetores de ação da marca. Estudo este que acabou por revelar que em média 99,74% das pessoas desconhece as decisões reais que tomam diariamente. Ora, isto acaba por mostrar o quanto o cérebro humano funciona sem que tenhamos consciência de tal. 

Vê ainda: 27 Apps gratuitas na Google Play Store para o teu Android

É geralmente aceite que o cérebro humano faz aproximadamente 35.000 decisões por dia. No entanto, a nova pesquisa, tendo como base uma amostra de 10.000 pessoas na Europa, revela que estamos cientes de apenas 0,26% dessas decisões. Contudo importa referir que os inquiridos acreditam que decidem apenas 92 vezes por dia.

   

Huawei investiga os paralelismos entre o cérebro humano e a Inteligência Artificial

Walter Ji, presidente da Huawei Consumer Business Group para a Europa Ocidental comenta. “A pesquisa mostra as semelhanças entre a inteligência humana e a Inteligência Artificial, funcionando e em segundo plano para melhorar a nossa vida.

Ao revelar uma diferença significativa entre o número de decisões que acreditamos tomar todos os dias e o número real, os resultados também demonstram outras discrepâncias como por exemplo entre a forma como pensamos que passamos o nosso tempo e como realmente o passamos“.

A pesquisa revela ainda como as pessoas gostariam que os smartphones as ajudassem em várias decisões e lhes facilitassem a vida. Aqui, com 47% dos inquiridos a responder que gostariam de receber informação sobre novas formas criativas de cozinhar e 43% a afirmar que gostariam de ter notificações automáticas sobre viagens.

Cerca de 39% disseram que gostariam de ajuda para aprender novas línguas. Já 38% gostariam de ajuda para tirar melhores fotografias e 31% gostariam de receber novas músicas dos seus artistas favoritos. Os inquiridos puderam escolher mais de uma opção, razão pela qual o total supera os 100%.

Estudo da Huawei realça o potencial do cérebro humano

Quando solicitado que estimassem quantas decisões tomam por dia sobre comida, o palpite médio foi de sete.

Em comparação com as 221 vezes que o fazem na realidade, mostrando como simplesmente não estamos conscientes da maioria das decisões diárias que o nosso cérebro executa.

Da mesma forma, os resultados mostraram que a expetativa média do número de vezes que verificamos os nossos telefones todos os dias era de 22 vezes. Ora, na realidade, olhamos para os nossos dispositivos móveis cerca de 76 vezes por dia. Números surpreendentes.

E enquanto pensamos tomar uma média de apenas 3.1 decisões ao fazer uma chávena de chá, tomamos na realidade 65 decisões. Números bem ilustrativos do potencial do cérebro humano.

Huawei Mate 10 Inteligência Artificial Android cérebro Humano
A linha Mate 10 é pioneira na utilização da Inteligência Artificial

A diferença entre o número de decisões que tomamos e o número que pensamos tomar também é claro quando se trata de nos prepararmos para sair – a pesquisa revela que acreditamos apenas gastar uma média de oito minutos diários a decidir o que vestir quando, na verdade, gastamos mais do que o dobro – cerca de 17 minutos.

A pesquisa foi realizada como parte da campanha de lançamento da nova série de smartphones Huawei Mate 10, que apresenta o primeiro processador Kirin de IA. O processdor (SoC) inteligente é o primeiro da Huawei a incluir uma Unidade de Processamento Neural (NPU).

Cérebro humano é a inspiração para o motor de Inteligência Artificial da Huawei

Aliás,  foi projetado para oferecer uma experiência de smartphone mais rápida e mais eficiente . O estudo foi lançado na Galeria Saatchi de Londres. Organizado pela Huawei, no seu evento “AI and Humans: Great Minds Think Alike”, que explorou como desencadear o potencial do cérebro humano e da Inteligência Artificial (IA).

Walter Ji, presidente da Huawei Consumer Business Group para a Europa Ocidental, comentou. “Na Huawei desenvolvemos o SoC Kirin 970 IA para lançar uma nova era de smartphones inteligentes. Estes trabalham em segundo plano para facilitar a nossa vida e nos ajudar a criar melhores e mais informadas decisões. Fazendo a sua estreia na série Huawei Mate 10 o processador Kirin é projetado para entender como o utilizador usa o seu smartphone. Permitindo-lhe assim prever a sua utilização. Além de otimizar o desempenho e oferecer uma eficiência maior. Com mais potência e mais rapidez “.

A pesquisa, realizada em novembro de 2017 pela Lightspeed Research, em nome da Huawei, inclui entrevistados de dez países: Reino Unido, Itália, Alemanha, Portugal, Espanha, Holanda, Irlanda, Suíça, Bélgica e França. É nacionalmente representativo por idade, género e região.

Lista de referências da Huawei:

Se quiseres, e para não perderes os próximos artigos, listas, dicas e análises, fiquem atentos às nossas redes sociais. Desde a página de FacebookInstagram e claro, no YouTube. Aqui terás também as nossas LiveCasts com episódios semanais todas as segundas-feiras às 21:30, hora de Lisboa. Estas transmissões em directo são posteriormente publicadas sob o formato de PodCast.

Para ti, quais são os maiores receios e aspirações relativamente ao futuro da Inteligência Artificial? Deixa-nos o teu feed-back abaixo, nos comentários.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Ai.Type – Dados de milhões de utilizadores Android divulgados na Internet

3 smartphones Android abaixo de 135€? Xiaomi Redmi Note 4 é um deles

Huawei Mate 9 recebe agora o Android Oreo – Sabe quais as novidades

FonteHuawei (PR)

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).