Huawei desmente o desenvolvimento de uma alternativa ao Android

Carlos Oliveira
Huawei Android
Uma alternativa ao Android não chegará pela mão da Huawei

O Android é atualmente o sistema operativo móvel mais utilizado em todo o mundo. São várias as empresas que adotam o software da Google, fazendo-se valer de todos os seus pontos fortes. Marcas como a Samsung, Huawei, Xiaomi, BQ e muitas mais compõem este leque.

Todavia, nem tudo são rosas e o Android também tem os seus pontos negativos. O principal Calcanhar de Aquiles do sistema operativo é a sua fragmentação. Estando este processo ao encargo das marcas, habitualmente temos de esperar meses pela chegada de uma nova versão ao nosso smartphone. Isto se tivermos a sorte de o mesmo ser um dos contemplados.

Vê ainda: 5 Smartphones Android baratos entre os 90 e 150 euros

Por isso, não é de todo descabido quando surgem os rumores de que uma certa empresa poderá estar a desenvolver o seu próprio sistema operativo. A Huawei foi uma das tecnológicas que não ficou imune a este tipo de especulação.

Desta forma, a empresa chinesa passaria a ter o controlo total dos produtos que coloca no mercado. Assim o processo de atualização dos seus smartphones estaria totalmente ao seu encargo, não dependendo de ninguém para tal.

Huawei não tem planos para desenvolver uma alternativa ao Android

Mas para os que viam com bons olhos este tipo de abordagem, hoje desaparece qualquer esperança nesse sentido. Um executivo da Huawei confirmou que não existem quaisquer planos para o desenvolvimento de um sistema operativo próprio.

Em primeiro lugar, Wang Chenglu refere que até não seria complicado para a Huawei desenvolver a sua alternativa ao Android. Afinal, a empresa já desenvolve a EMUI que se apresenta com uma personalização bastante elaborada do SO da Google.

Posto isto, é tempo de enumerar as razões invocadas para o não desenvolvimento de um sistema operativo próprio. De acordo com Wang Chenglu, o principal entrave está nas aplicações. Assim sendo, o sistema operativo da Huawei iria provavelmente sofrer do mesmo mal que o Windows Phone e o Tizen da Samsung.

Para além disso, seria necessária a criação de novas parcerias entre a Huawei e os seus parceiros. Isto para não falar nas operadoras que vendem atualmente os equipamentos da empresa chinesa.

Em suma, os entraves à criação de um novo sistema operativo superam as vantagens que tal traria à Huawei. Não sabemos se alguma vez a empresa pensou seriamente no desenvolvimento deste tipo de software, mas o que sabemos é tal não irá acontecer.

Editores 4gnews recomendam:

Qualcomm Snapdragon Wear 3100 é oficial e aposta forte na autonomia

Smartphone dobrável: Samsung volta a trocar-nos as voltas…

Google Go bate os 10 milhões de downloads! Previsto o sucesso dos ‘Go’

Fonte | Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.