Huawei confirma e diz que o Huawei P40 não terá bateria de grafeno!

Filipe Alves
1 comentário

A bateria de grafeno é um dos maiores desejos dos utilizadores. Falava-se que o próximo Huawei P40 iria ser o primeiro smartphone do mundo a trazer tal tecnologia. Contudo, parece que tal não acontecerá.

Quem o confirma são os executivos da marca ao indicarem que a informação do Huawei P40 com baterias de grafeno não estava correta. Mesmo que tenha sido publicada pela "Huawei França" no Twitter.

Vantagens da bateria de grafeno

Huawei P40

A bateria de grafeno é um sonho para os produtos tecnológicos. Não só para smartphones, mas para todos os produtos que usam bateria. A este leque de produtos podemos também falar de carros elétricos.

A bateria de grafeno dá aos dispositivos mais durabilidade da bateria, melhor autonomia e rapidez de carregamento. Contudo, a tecnologia ainda não está propriamente desenvolvida e por muito que se espere que chegue ao mercado nos próximos anos, continuamos sem saber quando.

Huawei P40 promete surpreender

Ainda assim, o Huawei P40 (e modelo Pro) promete vir a surpreender. Mesmo na sua gestão de autonomia. A Huawei é uma das fabricantes que mais rápido carrega o seu smartphone. As suas baterias são também de longa duração e os terminais com uma câmara de meter inveja.

Assim sendo, espera-se isso mesmo do Huawei P40 e P40 Pro. Uma das grandes questões que se mantêm é a presença ou ausência dos serviços Google devido ao impedimento do governos norte-americano.

O Huawei Mate 30 e Mate 30 Pro ainda não chegaram ao nosso mercado por não trazer esses mesmos serviços. Caso a Huawei não resolva o problema até março, o mesmo destino se espera do Huawei P40 e P40 Pro.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.