Android. Huawei apresentará em breve o processador HiSilicon Kirin 670

Rui Bacelar
Huawei Apple 5G HiSilicon Kirin 670
gsmSerá o próximo "motor", a próxima plataforma móvel da fabricante chinesa.

Huawei P Smart. Honor 7X. Huawei Mate 10 Lite e Mate SE. Todos eles são smartphones Android de gama média da fabricante chinesa, sendo a Honor uma sub-marca da Huawei. Todos eles utilizam o processador (SoC) ou plataforma móvel HiSilicon Kirin 659, sendo este o mais recente "motor" de gama média desta construtora. Agora, ficamos a saber que em breve chegará o novo HiSilicon Kirin 670 com sérias melhorias sobre o seu antecessor, o 659.

Este novo processador Kirin 670 será construído pela sub-marca da Huawei, a HiSilicon e contará com uma unidade de processamento neural (NPU). Algo que o dotará de capacidades de Inteligência Artificial (IA). Desta forma, começaremos a ver dispositivos Android de gama média já dotados de de IA como temos visto nas últimas gerações de gama alta / segmento premium.

Vê ainda: Xiaomi Mi Mix 2S competirá pela melhor foto com o Huawei P20

As novidades chegam até nós através da imprensa internacional chinesa com várias fontes a apontar que este HiSilicon Kirin 670 será construído segundo o processo a 12nm FinFET. Já relativamente à configuração / disposição dos seus núcleos teremos um total de 6, sendo portanto um hexa-core. Será constituído por quatro (4) núcleos Cortex-A53 otimizados para a eficiência energética e por dois (2) núcleos Cortex-A72 de alta-performance.

Teremos ainda a gráfica Mali G72 MP4 para completar a configuração deste próximo SoC (system on chip) da Huawei. Segundo os rumores esta será a resposta da fabricante chinesa à linha Snapdragon 600 da Qualcomm e dos novos Helio P60 da MediaTek. Serão, portanto, novos "motores" para dispositivos Android de gama média.

HiSilicon Kirin 670 é o próximo SoC de gama média da Huawei

Os HiSilicon Kirin 670 da Huawei destacar-se-ão pela integração da Inteligência Artificial nos dispositivos Android que empreguem este processador. Será um dos trunfos perante a concorrência dos Helio P60, sobretudo para o mercado chinês. Já por outro lado, a Qualcomm já confirmou anteriormente que a linha de processadores Snapdragon 600 será capaz de usufruir de um novo motor de Inteligência Artificial. Além disso, neste momento não sabemos como é que o HiSilicon Kirin 670 se portará perante os concorrentes.

Kirin 970 integra atualmente os seus flagships Android

Google Assistant Samsung Bixby HiAssistant Huawei Kirin 970 Huawei P20 Android HiSilicon Kirin 670
Em 2017 a marca apostou bastante na inteligência artificial. Em 2018 esta aposta continuará para rivalizar com as demais.

Podemos apenas fazer um paralelismo com o processador topo de gama da Huawei, o Kirin 970. Faria a sua estreia com os Huawei Mate 10. Acreditamos que as capacidades de IA dos HiSilicon Kirin 670 sejam similares às do Kirin 970. Todavia, sendo um processador de gama média, não será obviamente tão poderoso como o SoC destinado aos modelos topo de gama.

Estes últimos já podem usufruir de benesses como o reconhecimento de serviços e melhoria na captura de imagem. Para além de uma gestão eficiente dos dados e informações. Ajudam o consumidor a tirar o máximo proveito das câmaras fotográficas dos seus dispositivos móveis com o sistema operativo Android da Google.

Como se comparará ao Kirin 659?

Comparativamente com a geração atual, os Kirin 659, a próxima geração poderá trazer grandes melhorias a nível de performance. A nível de poder de processamento para os dispositivos móveis de gama média poderemos ter aqui sem dúvida uma grande evolução, tanto na economia de bateria como na velocidade.

O novo HiSilicon Kirin 670 focar-se-á na fotografia com dispositivos móveis e na IA (Inteligência artificial). Poderá até ser capaz de rivalizar com o poder dos Kirin 970. Processador utilizado nos Mate 10 Pro ou Honor View 10. Este mesmo processador que seria utilizado para guiar um Porsche Panamera por alturas do Mobile World Congress em Barcelona.

Por último, este HiSilicon Kirin 670 pode ser anunciado dentro de poucos dias. Podendo ser o processador presente no Huawei P20 Lite, smartphone que aqui revelamos na íntegra.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Xiaomi Mi Mix 2S competirá pela melhor foto com o Huawei P20

Huawei P20. Vem aí a Monocelha e 3 câmaras para estes Huawei

Vivo APEX, o smartphone Android do futuro chega às lojas em 2018

Fonte | Via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.