HTC prepara-se para abandonar o maior mercado de smartphones do mundo

Vitor Urbano

A HTC tem visto o seu negócio de smartphones cair a cada trimestre que passa, sendo cada vez mais óbvio que a sua única solução poderá passar por desistir finalmente de fabricar smartphones. Depois de ter abandonado o segundo maior mercado do mundo (Índia) no ano passado, tudo indica que poderá fazer o mesmo com a China.

Ainda que não tenha sido confirmado oficialmente, todos os acontecimentos no mercado chinês durante os últimos tempos indicam que, a fabricante está a preparar para 'fechar as portas' também na China. Atualmente, já não existem smartphones da HTC à venda nas duas principais lojas online (JD.com e Tmall).

HTC China

No entanto, a fabricante continua a vender smartphones através da sua loja física em Shenzhen. Mas, vários dos seus smartphones mais populares já não se encontram em stock. Estes poderão ser os primeiros sinais de que existem planos para desistir também do maior mercado de smartphones do mundo.

Depois dos múltiplos fracassos com smartphones, a HTC prefere focar-se em produtos VR

Longe vão os tempos em que a HTC era uma das mais populares fabricantes de smartphones, onde durante muito tempo foi uma referência no que respeita ao design inovador dos seus dispositivos. Depois de vários trimestres de grande prejuízo, a fabricante foca-se cada vez mais no desenvolvimento de produtos de realidade virtual.

Este é um segmento ainda em fase de crescimento, que apresenta um potencial incrível. Por isso mesmo, a fabricante decidiu concentrar os seus recursos no desenvolvimento do HTC Vive. Especialmente desde que este se tornou um dos gadgets VR mais populares.

HTC Vive

HTC continua a 'teimar' em não deitar a toalha ao chão

Ainda que a sua divisão de smartphones continue a apresentar resultados negativos, trimestre após trimestre, a fabricante continua decidida em não desistir. De acordo com as várias informações que têm circulado, a fabricante já está a desenvolver o sucessor do HTC Exodus, o primeiro smartphone desenvolvido a pensar nas criptomoedas.

Nesta fase, parece já praticamente impossível que a HTC consiga lançar um smartphone que faça frente à feroz competição das várias fabricantes chinesas. Dificilmente terão a capacidade para lançar no mercado um smartphone que consiga apresentar a mesma relação preço/qualidade da Xiaomi, Honor e também Realme.

Editores 4gnews recomendam:

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.