htc-4gnews

Depois da Apple, Samsung e LG é chegada a vez da HTC publicar o seu relatório fiscal para o 3º período fiscal do ano (julho a setembro de 2016). A construtora com sede em Taiwan parece estar a recuperar aos poucos e registou um aumento nas receitas, cerca de 18% de aumento face ao período anterior e 4% quando comparado com o período homólogo de 2015. Mesmo assim, a HTC ainda registou um prejuízo operacional.

Vê também: Apple: Vendas de iPhones continuam em queda.

   

Mais concretamente, a HTC registou um total de receitas de 700 milhões de dólares durante este último período fiscal, valor que melhorou bastante a balança fiscal da marca. É certo que ainda está no vermelho mas, passou de -23.1% no ano passado para -9% segundo os últimos dados. Neste período fiscal a HTC registou um prejuízo de 63 milhões de dólares.

htc10

Podem consultar o relatório e a declaração oficial da HTC face aos resultados mas é notório o entusiasmo em torno do seu topo de gama HTC 10 que foi muito aclamado pelos Media e está a impulsionar as receitas da marca, a par da HTC Vive, o dispositivo de realidade virtual desta construtora que tem apostado bastante neste novo segmento.

Em suma, a HTC ainda tem um longo caminho a percorrer até poder respirar de alívio e sair do vermelho. Contudo, os seus novos produtos estão a ser bem recebidos no mercado e é importante realçar que o impacto dos Google Pixel (produzidos pela HTC) ainda não foram incluídos nos relatórios da marca uma vez que só agora é que chegaram ao mercado.

Talvez queiras ver:

Apple: Vendas de iPhones continuam em queda, o que se está a passar?

Lucros da LG continuam a cair, conseguirá o LG V20 inverter a tendência?

Lucros da Samsung caem 96% devido ao fiasco do Galaxy Note 7