Há um novo smartphone Wiko 5G com ADN Huawei

Rui Bacelar
Comentar

A Wiko, outrora uma das marcas de smartphones qualidade / preço mais famosas na Europa, a par da saudosa BQ, acaba de lançar um novo smartphone 5G com ADN Huawei. Os moldes exatos desta "parceria" são difusos, mas cativaram imediatamente a nossa atenção.

Atualmente a Huawei não pode usar processadores com modem 5G, sejam fabricados por si ou por terceiros. Graças às restrições comerciais impostas pelos Estados Unidos da América, a fabricante chinesa está atualmente privada de chipsets 5G.

Wiko 5G ou Huawei Nova 9 SE?

wiko 5G

Desse modo, todos os novos telemóveis da Huawei estão limitados às redes 4G LTE, mesmo os que usam processadores Snapdragon da Qualcomm o que não é de todo ideal. Entre estes, temos o Huawei Nova SE, um smartphone de gama média recente e bastante atraente.

É precisamente aqui que entra a Wiko, empresa sino-francesa, que comercializará o Wiko 5G. Na prática, este é o Huawei Nova 9 SE com um novo nome, a classificação clássica de rebranding, escapando assim às restrições impostas à fabricante chinesa.

smartphone Wiko 5G

Recordamos que a Wiko é uma empresa de origem francesa com participação de capital chinês. Agora, a marca decidiu entrar no mercado chinês de dispositivos móveis, atualmente o maior mercado mundial de dispositivos móveis e fê-lo com este Wiko 5G.

Mais não é que um Huawei Nova 9 SE com suporte para redes 5G

smartphone Wiko 5G

Atentando na lista de especificações técnicas, a diferença entre os smartphones da Huawei - Nova 9 SE e o novo Wiko 5G é literalmente apenas o modem de rede. Ou seja, o telefone Huawei fica-se pelo 4G LTE, ao passo que o Wiko já tem acesso ao 5G.

Tirando isso, temos pequenas diferenças de design, com um esquema de cores distinto para também ajudar a diferenciar, levemente, os dois produtos. De igual modo, podemos também observar a marca Wiko onde normalmente figuraria a marca Huawei.

Wiko 5G

Temos aqui o processador Snapdragon 695 chipset da Qualcomm com 5G, ecrã de 6,78'' com resolução Full-HD+ e alta taxa de atualização a 120 Hz. A taxa de registo do toque é de 270 Hz, com 8 GB de RAM e 128 GB ou 256 GB de armazenamento interno.

Podemos apontar também a bateria de 4 000 mAh, com carregamento rápido a 66 W. A sua câmara principal é de 108 MP + 8 MP (ultra grande angular), além de um terceiro sensor de 2 MP (macro). Por fim, a câmara frontal tem 16 MP.

Sem surpresas no software, o telefone usa o sistema operativo HarmonyOS, o que na China será bem-aceite, com suporte para os serviços móveis da marca, os HMS. O seu preço de venda ao público, na China, é o equivalente a 269 € à atual taxa de conversão.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com a atualidade tecnológica na 4gnews. Email: ruibacelar@4gnews.pt