Apple: novo iPad mini pode demorar muito mais do que o esperado

Mónica Marques
Comentar

Muitos analistas esperavam ver uma nova versão do iPad mini em 2022, mas a Apple trocou as voltas a todos e optou por não avançar com este lançamento.

De acordo com as previsões mais recentes do analista Ming-Chi Kuo, o lançamento de um novo iPad mini pode mesmo demorar muito mais do que o esperado, com os fãs deste equipamento a terem de aguardar pelo fim de 2023 ou mesmo por 2024 para terem este modelo.

Novo iPad mini pode chegar apenas em 2024

(2/3)I think it's unlikely Apple will replace the iPad mini with a foldable iPad in 2025, which may be contrary to what some media previously predicted. It's because a foldable iPad will have a markedly higher price than an iPad mini, so such a replacement is not reasonable.

— 郭明錤 (Ming-Chi Kuo) (@mingchikuo) 27 de dezembro de 2022

Depois de ter lançado um iPad mini em 2021, muitos analistas esperavam que a Apple fosse lançar um novo modelo mini em 2022, mas a estratégia de lançamentos da marca foi bastante diferente e não contemplou um modelo mais compacto do tablet.

Agora, o analista Ming-Chi Kuo vai mais longe e afirma que a empresa de Cupertino pode atrasar ainda mais este lançamento. De acordo com o conhecido analista, a marca pode lançar um novo iPad mini apenas no último trimestre de 2023 ou até mesmo no primeiro trimestre de 2024.

Ming-Chi Kuo continua também a afirmar que o principal argumento de venda deste novo modelo será a integração de um novo processador. Recorde-se que o modelo atual do tablet está equipado com o processador A15 Bionic que surgiu, pela primeira vez, no iPhone 13 e no iPad mini, em 2021.

Um iPad dobrável não irá substituir um novo iPad mini

Quanto aos rumores que têm vindo a avançar que a Apple vai substituir o iPad mini por um novo tablet dobrável, Ming-Chi Kuo nega que tal vá acontecer. De acordo com Kuo, um tablet dobrável terá um custo de produção e, consequentemente, um preço de venda final muito mais elevado.

Por essa razão, é improvável que a Apple faça esta substituição no seu portefólio de equipamentos em 2025. Aparentemente, a Apple continua a adiar a sua entrada no segmento de equipamentos dobráveis. Pelos vistos, considera que este mercado não contempla ainda a tecnologia necessária para preencher os requisitos da marca.

Mas ainda assim, não significa que não tenha já alguns planos no que respeito a componentes para equipamentos dobráveis. Segundo a publicação The Elec, a Apple poderá vir a trabalhar com a sua rival Samsung e com a LG para fornecimento de ecrãs flexíveis.

Alguns rumores avançaram já que o dobrável que a Apple tem em mente pode apresentar um ecrã de 20,25 polegadas, quando em modo aberto. A confirmar-se a informação, a Apple irá revolucionar o segmento de equipamentos dobráveis, quanto mais não seja pelo tamanho de ecrã.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira. Email:monicamarques@4gnews.pt