Google Wallpapers é o novo sucesso na Play Store

Bruno Coelho
Comentar

A personalização é uma das grandes armas do sistema operativo Android, e um dos motivos pelos quais os utilizadores não abdicam do sistema operativo da Google. E em qualquer boa personalização, não pode faltar um wallpaper (papel de parede) apelativo.

É para dar cobertura a essa necessidade que existem muitas aplicações na Play Store com opções para os utilizadores. Existe também a app Google Wallpapers, desenvolvida pela própria tecnológica de Mountain View, que acaba de atingir um novo feito.

Google Wallpapers atinge 500 milhões de downloads na Play Store

Esta app tem-se revelado um sucesso inesperado para a Google, embora ainda não seja muito conhecida do grande público. A verdade é que acaba de atingir um número generoso de 500 milhões de instalações (downloads).

O que te espera na app Google Wallpapers:

  • Desfruta de uma coleção que não para de crescer. Acede a imagens do Google Earth, Google+ e outros parceiros
  • Duplica a diversão. Mostra a todos um plano de fundo no teu ecrã de bloqueio e mantém um para tii no ecrã inicial
  • Requer o Android 7.0 Nougat ou versões posteriores
  • Começa cada dia de uma forma diferente. Escolhe a tua categoria favorita para receberes uma nova imagem de plano de fundo todos os dias.

Se gostas que o teu smartphone Android represente bem o teu estilo, esta é uma app obrigatória a ter instalada. A app existe desde 2016, mas só agora começa a atingir números vistosos e mais que merecidos.

Faz download da app Google Wallpapers (Planos de Fundo) na Google Play Store

Editores 4gnews recomendam:

  • Rockstar revela imagens oficiais de GTA Trilogy: Edição Definitiva para Nintendo Switch
  • Mensagens Google recebe novidade inesperada graças ao Google Fotos
  • WhatsApp com nova surpresa para os grupos de conversação chamada Comunidades
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.