android 4gnews

Talvez o maior problema que assola o mundo Android será a fragmentação que continua a existir. Quando comparado com concorrentes como o iOS, a fragmentação existente no mundo Android assume proporções ainda mais preocupantes.

É também verdade que as realidades destes dois sujeitos são bem diferentes, onde a Apple tem um controlo total sobre o seu ecossistema, ao passo que a Google está bastante dependente das marcas terceiras.

   

Vê também: Project Ara será um ecossistema aberto controlado pela Google que pode não se limitar a smartphones

Mas isso não tem impedido a gigante de Mountain View de adotar novas medidas na tentativa de minimizar o mais possível este problema. Desde acordos sobre o prazo durante o qual as marcas têm de atualizar os seus equipamentos, até outros para a apresentação de novos equipamentos com a versão mais recente do seu SO, a verdade é que as coisas estão ainda longe da perfeição.

Mas uma nova medida parece estar a ser estudada nos escritórios da Google e esta passará pela criação de um ranking público, no qual serão expostos os tempos que as mais diversas marcas demoram até atualizar os seus equipamentos para novas versões do Android e correções de segurança.

Esta media poderá eventualmente surtir algum efeito, no sentido de que algumas marcas podem começar a sentir alguma vergonha do seu posicionamento neste ranking. No entanto, este tipo de rankings certamente captará mais a atenção a pessoas mais ligadas ao mundo mobile, onde muitas mais não estão muito preocupadas com a prestação das marcas neste campo.

Ainda assim será interessante acompanhar o desenrolar desta nova realidade, caso obviamente esta medida venha a ser concretizada. Na minha cabeça tenho já uma pequena idealização deste ranking, mas veremos os resultados finais.

Talvez queiras ver:

Viaandroid authority
Fontebloomberg
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.