Google-Play-Store

(Este artigo é duplicado devido a problemas no servidor)

Desde a sua criação que a Google foi uma empresa mais vocacionada para o software. É neste campo que ela se consegue destacar no meio de tanta

   

concorrência, principalmente pelo seu motor de busca e pelo seu sistema operativo móvel Android.

Já no que respeita ao hardware, a empresa norte americana não se tem saído tão bem como no caso anterior. Senão vejamos o que se passou com a Motorola. Quando a Google a comprou, conseguiu resgatar a marca de uma morte anunciada e lançá-la novamente para a ribalta. Mas ainda assim essa decisão deu muitos prejuízos à Google, o que a fez vender a Motorola à chinesa Lenovo, por uma quantia bem mais pequena que a que havia gasto.

Agora, no seguimento do anúncio da probabilidade de a Google desenvolver os seus próprios processadores, vem de novo à tona a ideia da empresa construir umsmartphone do zero. O lançamento do Pixel C trouxe-nos uma tablet completamente desenhada pela Google, ajudando também “à festa”.

ebRNRraXVstpKMxE.medium

Mas porque deveria a Google enveredar por tal caminho? A resposta mais óbvia seria tentar igualar o ecossistema que a Apple conseguiu desenvolver. O

mais próximo que a Google possui desse ecossistema é a linha Nexus, mas só isso não chega. A grande maioria da quota de mercado que o Android possuiu está dependente de marcas como a Samsung e essas marcas modificam o Android a seu belo prazer. Isto é algo que a Google não consegue controlar, pelo facto de ter desenvolvido um sistema operativo open source. Pode

apenas apelar ao bom senso das mesmas, para que proporcionem a melhor experiência possível aos seus utilizadores.

Outro ponto contra é a dependência que a Google tem, neste momento, de outras OEM ́s. Sem essas mesmas marcas, muito provavelmente o Android não estaria no patamar que se encontra hoje. A Google teria mais a perder com uma rotura do género do que a Samsung, por exemplo, que possui já o Tizen e que pode ser uma alternativa viável ao sistema operativo do boneco verde.

Para triunfar num cenário destes, a Google teria de inovar novamente em algum campo, mas neste momento a evolução tecnológica neste segmento parece estar um pouco estagnada.

Tudo isto não passam de suposições, e também com uma pitada de opinião pessoal. Como tal gostava que deixasses a tua opinião sobre o tema.

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho.
Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.