Burla roubou milhões em aplicações Android na Google Play Store

Vitor Urbano
Google Play Store Android Burla
Google Play Store vítima de esquema fraudulento responsável por roubo de vários milhões de euros

A Google Play Store coloca à disposição dos utilizadores de smartphones Android vários milhões de aplicações e jogos. Apesar da "ilimitada" oferta ser positiva em algumas situações, acaba por tornar bastante mais difícil o seu controlo por parte da empresa.

De acordo com uma publicação do BuzzFeed, a Google está a "caçar" responsáveis por uma rede que roubou centenas de milhões de euros em receitas de publicidade. Aparentemente, os principais acusados são os responsáveis pela empresa "We Purchase Apps", cujo website se encontra offline.

Vê ainda: Aptoide: empresa portuguesa vence nova ação face à Google

Ao que parece, esta empresa adquiriu diversas aplicações diretamente dos seus developers, transferindo-as depois para companhias reais e fictícias em vários países. Desta forma, os burlões esperavam conseguir manter a sua identidade protegida de potenciais investigações.

Após todas as aplicações adquiridas e transferidas para diferentes entidades, foi apenas preciso analisar o tipo de comportamento dos utilizadores em cada uma das aplicações. Por fim, recorreram a uma vasta rede de bots para recriar este tipo de atividade.

Google "caça" burlões responsáveis pelo roubo de vários milhões de euros em publicidade no Android

Com a rede de bots em funcionamento, foram capazes de gerar tráfego falso para cada uma das aplicações. Desta forma, acabaram por burlar várias empresas (incluíndo a Google) vendendo publicidade in-app com base em dados estatísticos falsos.

Não querendo de qualquer forma "aplaudir" esta burla, tenho de admitir que o plano era quase perfeito. Especialmente se considerarmos que o tráfego real das aplicações (gerado por utilizadores reais) acabava por mascarar todo o tráfego gerado pelos bots. Sendo essa a principal razão de apenas terem adquirido aplicações já estabelecidas e com tráfego considerável.

De acordo com as informações publicadas pelo BuzzFeed, entre o variado tipo de aplicações, o que mais se destaca são claramente os jogos. Estima-se que estas aplicações em conjunto, alcançaram mais de 115 milhões de instalações. Uma das que mais instalações teve foi a popular "EverythingMe" com mais de 20 milhões de instalações.

Google Photos Modo Retrato Android 4gnews

A Google foi alertada na semana passada para esta burla, tendo começado já a remover e banir várias aplicações da Google Play Store. No entanto, o launcher "EverythingMe" parece continuar disponível. Aparentemente a empresa de Mountain View estima que cerca de 9 milhões de euros foram "roubados" através deste esquema. No entanto, a empresa Pixalate afirma que esta burla poderia render cerca de 65 milhões de euros/ano.

Por fim, numa publicação oficial a comentar este caso. A Google afirma que está a monitorizar esta operação e que vai continuar a atualizar e melhorar as suas tática de acção. Certamente que o principal objectivo é desmantelar esta rede o mais rápido possível.

Editores 4gnews recomendam:

Google Play Store: Instala aqui a nova versão da aplicação (download)

Google facilita o processo de eliminação do teu histórico de pesquisas

Google Family Link: Chegam melhorias na melhor aplicação para os pais

Fonte | Via

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.