Google Pixel dobrável perderá uma das grandes novidades dos Pixel 6

Carlos Oliveira
Comentar

A Google apresentou a geração Pixel 6 a meados de outubro e marca uma renovação profunda na sua linha de smartphones. Além do novo design e um processador proprietário, a outra grande novidade destes smartphones são as suas câmaras.

Atentando às mais recentes informações sobre o primeiro dobrável da Google percebemos que o último ponto não se replicará. Ou seja, a Google voltará a usar os seus sensores de 12 MP no seu primeiro smartphone Pixel dobrável.

Primeiro Pixel dobrável contará com câmaras de 12 MP

Foi graças a uma análise aprofundada da nova APK da aplicação Google Camera, feita pela publicação 9to5 Google, que se obtiveram estas informações. Com efeito, as suas conclusões revelam que a Google reutilizará as câmaras do Pixel 5 no seu primeiro dobrável.

Google Pixel

Segundo as suas conclusões, o primeiro dobrável da Google usará um sensor IMX363 de 12.2 MP como lente principal. Já a sua companheira grande angular beneficiará de um sensor IMX386 também com 12.2 MP.

Ambos os sensores são marcados no código-fonte como "folded" (dobrado), o que indicia que se tratem mesmo das lentes principais do vindouro smartphone. Algo que também pode ser interpretado que só poderão ser utilizadas com o equipamento fechado.

Já no que concerne a câmaras frontais, o dobrável da Google ostentará duas lentes de IMX355 de 8 MP. Uma delas é catalogada como "interior" e outra como "exterior", o que significa que o equipamento usará o mesmo sensor no ecrã exterior como no interior.

Estas informações mostram que a Google deve abster-se do uso dos mesmos sensores do Pixel 6 no seu primeiro equipamento dobrável. E a justificação para tal poderá estar nas dimensões do equipamento.

Como todos já notaram, os novos sensores do Pixel 6 e Pixel 6 Pro são grandes, o que implica aquela barra característica na traseira dos smartphones. Algo que adiciona espessura ao produto e é precisamente isso que a Google quererá minimizar no seu dobrável.

2022 será o ano de lançamento deste dispositivo dobrável

Também no código-fonte da aplicação da câmara da Google foi encontrada uma pista para o lançamento deste dobrável. A descrição "isPixel2022Foldable" é bastante elucidativa sobre o calendário que a tecnológica americana deseja seguir.

Isto alinha-se ainda com o expectável lançamento do Android 12L, possivelmente na próxima primavera. Este software foi concebido a pensar em ecrãs dobráveis e tablets, logo, faria todo o sentido que se fizesse acompanhar pelo lançamento do primeiro dispositivo dobrável com o selo da Google.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.