Google Pixel 6a terá o mesmo processador do seu irmão topo de gama

Carlos Oliveira
Comentar

A publicação 9to5 Google revela informações muito curiosas acerca do próximo gama média da Google. Segundo a suas descobertas, o Pixel 6a utilizará o mesmo processador que se encontra no Pixel 6 e Pixel 6 Pro.

Com efeito, tudo indica que a Google aplique o SoC Tensor também na próxima geração dos seus modelos mais acessíveis. Isso significa que haverá um menor diferencial de poder entre as duas linhas de smartphones Android com a marca Google.

Google Pixel 6a utilizará o processador Tensor

O Tensor foi uma das principais novidades na apresentação dos Pixel 6 e Pixel 6 Pro. Segundo o que avançou a Google nessa ocasião, este processador resulta de vários anos de desenvolvimento com o intuito de oferecer uma experiência ímpar aos utilizadores Pixel.

Google Pixel 6a

A fazer fé naquilo que a 9to5 Google adianta, essa mesma experiência será transportada para o Google Pixel 6a. Será uma decisão muito interessante para os consumidores, visto que terão acesso a todo o poder do chip Tensor por um preço mais acessível.

Isso romperá com uma tradição da Google que colocou sempre processadores de gama média na sua linha de smartphones Pixel a. Em 2022, todavia, o Pixel 6a poderá chegar aos consumidores com um processador topo de gama.

A câmara do Pixel 6a não igualará o desempenho do Pixel 6

Se o processador será o mesmo entre ambos os smartphones, o mesmo não podemos afirmar das suas câmaras. Como seria de esperar, as lentes utilizadas no Pixel 6a terão uma qualidade inferior às do modelo topo de gama,

Ao analisar a APK da Google Camera, a 9to5 Google descobriu quais os sensores que serão utilizados no Pixel 6a. A lente principal será um sensor IMX363 de 12.2 MP, ou seja, o mesmo do Pixel 5a.

A sua lente grande angular também será herdada do modelo lançamento em 2021. Ou seja, será utilizado um sensor IMX383 com resolução de 12.2MP. A novidade surge na câmara frontal, com um sensor IMX355 de 8 MP, tal como no Pixel 6.

Isto demonstra que será pela qualidade das câmaras e dos materiais de construção que a Google reduzirá o preço de produção do Pixel 6a. isto porque também o design do último será fortemente inspirado pelos modelos topo de gama.

Uma nota final para sublinhar que ainda é muito cedo para tecer conclusões sobre o Pixel 6a. O seu anúncio só deverá ocorrer a meados de 2022 e até lá ainda muita coisa pode mudar no seu desenvolvimento.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.