Google Pixel 6 seguirá o exemplo da Apple e Samsung neste pormenor

Carlos Oliveira
Comentar

Há poucos dias, a Google fez uma apresentação oficial dos Pixel 6 e Pixel 6 Pro junto de alguns meios de comunicação norte-americanos. Os eleitos puderam ter o primeiro contacto com os produtos e ainda partilhar alguns pormenores com o público.

Os relatos dão conta dos equipamentos mais premium alguma vez lançados pela Google e vão rivalizar diretamente com marcas como a Apple ou a Samsung. Uma rivalidade que se batalhará até nos acessórios para os smartphones.

Google Pixel 6 virá sem carregador na caixa

Segundo o que o The Verge conseguiu apurar, os Google Pixel 6 e Pixel 6 Pro não incluirão um carregador de parede na caixa. Uma decisão que replica a estratégia da Apple, Samsung e muitas outras marcas no mercado mobile.

Google Pixel 6

A Google justifica esta medida com o mesmo argumento que a Apple usou quando se tornou pioneira nestas decisões. Argumenta que a maioria já possui um carregador USB-C em casa, podendo usá-lo para carregar os Pixel 6.

Uma manobra para fazer diminuir a pegada ecológica da Google. Sem o carregador na caixa, a norte-americana reduz a utilização de plásticos e poderá expedir mais caixas no mesmo espaço usado até agora.

Serão, portanto, os primeiros smartphones Google a chegar aos utilizadores sem um adaptador de parede incluído. Mesmo o Pixel 5a, apresentado hoje, continuará a oferecer este acessório aos seus utilizadores.

Para os que não possuam um carregador compatível em casa, certamente que a Google dará a possibilidade de o adquirir em separado. Contudo, será um custo acrescido para um equipamento que não deverá ser barato.

Os Google Pixel 6 e Pixel 6 Pro serão um marco para a presença da marca no setor mobile. Voltam a ser smartphones topos de gama dignos desse nome, com uma qualidade técnica e de construção acima da média.

A utilização do seu processador Tensor é uma das grandes novidades nos Pixel 6. Também a qualidade das suas câmaras volta a ter o seu destaque, em muito graças à utilização de novos sensores.

As expectativas estão em alta para a nova geração de smartphones da Google. Resta saber se estarão à altura do hype que já se começa a fazer construir.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.