Google. Fortnite para Android chegou com grande falha de segurança

Vitor Urbano

Epic Games Fortnite Google segurança 4gnews

A chegada do popular jogo battle royale - Fortnite - aos smartphones Android foi bastante atribulada. Especialmente porque a Epic Games decidiu fazer todos os possíveis para evitar pagar à Google as taxas da Google Play Store.

Assim sendo, para que não tivesse de pagar 30% de cada transação feita dentro do jogo, a Epic Games decidiu disponibilizar o Fortnite para Android fora da loja de aplicações da Google. Colocando os seus milhões de jogadores em risco de serem atacados por hackers.

Vê ainda: Xiaomi: 11 produtos da marca que muitos não conhecem

Dezenas de sites espalhados por todo o mundo, relacionados com tecnologia e o mundo gaming, relataram os riscos desta decisão da Epic Games. Mesmo aqui na 4gnews, foi publicado um tutorial de como instalar o Fortnite no teu Android de forma segura.

Mas, não há qualquer cuidado especial que te vai manter seguro. Se o problema se encontra na APK oficial do Fortnite. Foi isso mesmo que aconteceu, e foi a própria Google que descobriu a falha de segurança.

Fortnite chega ao Android mas com ele chegaram também problemas de segurança

Foi publicado na página Issue Tracker da Google, por um dos seus engenheiros, uma explicação para os problemas de vulnerabilidade descobertos na aplicação de instalação do Fortnite.

Quando o launcher inicia o download da APK final do Fortnite, verifica a assinatura do ficheiro para garantir que não foi alterado. No entanto, acaba por não verificar a integridade da APK antes de iniciar a sua instalação, verificando apenas o seu nome.

Em suma, esta vulnerabilidade poderia permitir que os utilizadores vissem os seus smartphones abertos a vários tipos de ataques de hackers. Pois esta falha de segurança permitia a instalação de uma APK com qualquer outro conteúdo que não o Fortnite. De forma silenciosa, conferindo acesso total do smartphone a terceiros.

Epic Games Fortnite Android Google 4gnews

Tendo sido informados de imediato pela Google, a Epic Games pediu-lhes para aguardarem 90 dias até que publicassem informações desta falha. Este é um processo normal. Dando tempo à empresa para corrigir a falha de segurança sem que ninguém faça proveito da mesma.

No entanto, a correcção da falha foi disponibilizada no dia seguinte e por isso a Google decidiu publicar o relatório passado uma semana. Este é um problema que não iria acontecer caso o Fortnite fosse disponibilizado através da Google Play Store.

Mas, também precisamos realçar a rápida resposta da Epic Games para o problema. A resposta ao aviso inicial demorou apenas 7 minutos, e a solução começou a chegar aos utilizadores no dia seguinte. Não são muitas as vezes que vemos empresas resolverem problemas de segurança tão rapidamente.

Editores 4gnews recomendam:

Motorola One Power: Assim será o próximo smartphone da Motorola

Fortnite: Adiciona uma nova dança ao teu personagem! É fácil e seguro

Aprende 10 dicas para poupar bateria no teu smartphone Android e iPhone

Fonte | Via

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.