Google diz adeus à plataforma Daydream VR

António Guimarães
Comentar

A Google anunciou que vai descontinuar suporte ao headset de realidade virtual Daydream View e toda a plataforma. Em primeiro lugar, a empresa começou por informar que os novos Pixel 4 não vão suportar o headset. Em segundo lugar, a Google não vai certificar mais equipamentos para a app Daydream VR.

Todos os equipamentos já certificados continuarão a suportar e a correr a aplicação. Contudo, a mesma não será mais atualizada. É importante salientar que o Google Pixel 4 possui um ecrã de 90Hz, que teria sido um painel de excelente qualidade para realidade virtual.

Assim sendo, a Google vai deixar de vender o seu Daydream View, o headset envolto em tecido, com comando. Alguns dos telemóveis que continuarão a suportar o Daydream VR são os Pixel 2, 3, Galaxy S9 e S9+, S8 e S8+, Note 8 e Mate 9 Pro.

Google vai focar-se na realidade aumentada

Numa possível tentativa de simplificar os seus equipamentos e serviços, a Google começou a apostar na tecnologia de realidade aumentada. A realidade aumentada utiliza a câmara do telemóvel para projectar imagens ou objetos no espaço físico.

Alguns dos exemplos são a pesquisa da Google, que permite em alguns equipamentos pesquisar por animais e ver modelos 3D dos mesmos. Outro exemplo é o Google Maps, que passará a utilizar a câmara para mostrar indicações projetadas no espaço físico.

A verdade é que a realidade virtual em aparelhos móveis é uma indústria quase defunta. Os verdadeiros headsets VR como o da PlayStation ou Oculus Rift é que atraem mais utilizadores e representam a evolução nos conteúdos em realidade virtual.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.