Google Chrome: mais de 70 extensões foram removidas por spyware!

António Guimarães
1 comentário

A Reuters avançou que a equipa de investigação Awake Security encontrou montes de extensões no Google Chrome pertencentes a um grupo criminoso. A empresa afirma que este é o ataque com mais alcance através de extensões do Chrome, de sempre.

Entretanto, a Google removeu as extensões, que eram mais de 70. As mesmas já tinham sido transferidas e instaladas mais de 30 milhões de vezes por utilizadores por todo o mundo. Em resposta, a Google recusou-se a comentar a situação, apenas removendo as extensões nocivas.

Extensões estavam disfarçadas com funções de segurança

De acordo com a Awake Security, a maioria das extensões estava disfarçada de ferramentas para proteger o utilizador, ironicamente. As extensões podiam ser filtros contra sites maliciosos ou bloqueadores de publicidades intrusivas.

Contudo, algumas eram ferramentas legítimas de conversão de ficheiros que cumpriam a função que prometiam. O problema é que todas elas tinham a habilidade de recolher informações sobre a navegação do utilizador na internet.

rsgsg

Através destas informações, os criminosos podiam aceder a contas pessoas ou empresariais, através das credenciais guardadas. Não estamos a falar de obter palavras-passe de e-mails pois isso é comum entre os criminosos. Na verdade, a informação recolhida tinha cariz bem mais sensível como informações financeiras pessoais e empresariais.

Caricato é a Google não ter descoberto a situação

A investigação da Awake Security levou-os à Galcomm, uma empresa de domínios baseada em Israel. Cerca de 15 mil domínios das extensões maliciosas foram associadas à Galcomm, que negou qualquer envolvência na situação.

Estamos a falar de mais de 70 extensões, 30 milhões de downloads e 15 mil domínios a apontar para o mesmo sítio. É realmente surpreendente como é que a Google deixou esta situação passar por baixo do seu nariz.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.