Google Chrome: atualiza já o browser, descoberta falha crítica!

Rui Bacelar
Comentar

Foi descoberta uma falha crítica de segurança no navegador Google Chrome após a mais recente atualização para a versão Chrome 107, já disponível para computadores Windows e Mac, bem como para dispositivos móveis. O update de emergência já se encontra disponível e aconselhamos a sua instalação logo que possível.

Importa frisar que a correção de segurança foi distribuída há escassas horas pela própria Google, aplicando-se à atual versão do Chrome 107. Mais concretamente, temos uma lacuna de segurança que pode ser explorada em diversos ataques à distância.

Atualizem já o navegador Google Chrome no PC e Mac

Google fixes seventh Chrome zero-day exploited in attacks this year - @billtoulashttps://t.co/fMuZrJpuPW

— BleepingComputer (@BleepinComputer) 28 de outubro de 2022

Tal como a própria Google deu a saber, em causa está uma falha grave de segurança presente nas versões 107.0.5304.87 para Mac e para computadores Linux, bem como na versão 107.0.5304.87/.88 para computadores Windows da Microsoft.

Note-se ainda que esta falha de segurança foi primeiramente exposta pela publicação BleepingComputer, catalogando-a como a sétima falha zero day, ou logo de início, encontrada no navegador Google Chrome desde o começo deste ano.

A vulnerabilidade em questão (CVE-2022-3723) é de alta importância. Ao que tudo indica, foi detetada pelos peritos de segurança da agência Avast e prontamente relatada à Google. Como resultado, a tecnológica disponibilizou rapidamente o novo update.

Acede às Definições do Google Chrome e atualiza o browser

Google Chrome

  1. Acede ao Menu das Definições do Chrome a partir do símbolo "⋮" no canto superior direito do ecrã
  2. O menu descendente apresentará, perto do final, o menu Definições
  3. Acede a "Acerca do Chrome", na porção final do menu da esquerda

Google Chrome

Assim que acederem a esta secção, o navegador efetuará uma verificação automática de atualizações. Em seguida, será detetada e instalada sem necessidade de ação por parte do utilizador a mais recente versão com a correção de segurança.

O utilizador terá apenas que clicar em "Reiniciar" para que a atualização seja aplicada, colmatando-se a falha de segurança em questão.

A tecnológica norte-americana não especificou os detalhes desta ameaça, porém, segundo o perito da Avast, a falha prende-se com uma má configuração do motor Javascript V8 presente no navegador.

Por fim, a par do desempenho e produtividade, a segurança dos utilizadores é um dos bastiões da tecnológica norte-americana e do seu navegador. Para mais informações, podem consultar a recente publicação na página oficial de Twitter do Chrome.

During #CybersecurityAwarenessMonth and beyond, what can you do to make sure you stay safe online? We talked to #Chrome security engineers to share some advice.Find their tips and learn about a few of the features that help keep you secure by default: https://t.co/U3BUmdRR8n

— Chrome (@googlechrome) 26 de outubro de 2022

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@4gnews.pt