Google Android Oreo segurança
Um reforço muito bem-vindo de segurança para o teu dispositivo. @phonearena

O Android Oreo é a mais recente versão do sistema operativo da Google para dispositivos móveis. Uma das versões que mais funcionalidades novas acrescentará assim que chegar ao teu smartphone ou tablet. Anunciado no dia 21 de agosto de 2017, a própria Google anuncia agora um importante reforço de segurança para esta nova versão. Vejamos o que mudou.

Com efeito, foi a própria tecnológica a anunciar a chegada de várias melhorias de segurança através do seu blog oficial. Depois de a Google já ter disponibilizado o Android Oreo para os equipamentos Pixel e Nexus, a empresa tem estado a trabalhar arduamente no reforço de segurança do seu sistema operativo. Ainda ontem vimos aqui na 4gnews um perigoso novo malware.

Vê ainda: Apple admite que a lentidão sentida no iPhone antigo é intencional

Entretanto a empresa de Mountain View, California também já disponibilizou o mais recente patch de segurança. Datado de dezembro de 2017 já está a chegar (e já chegou) a vários dispositivos, desde os Nokia até aos Samsung. Entretanto, a empresa decidiu criar um conjunto adicional de medidas de segurança para combater as futuras ameaças.

Google reforça a segurança do Android Oreo

Algumas das novidades que já podemos avançar incluem o reforço da segurança das aplicações. O abandono de protocolos de rede inseguros.

A blindagem do código kernel (o código que medeia a interação entre o software e o hardware). Sem esquecer a facilitação de todo o processo de atualização do Android caso seja necessário veicular uma atualização urgente.

A Google vai mais além e confirma que também está a expandir os seus esforços para reforçar a segurança do hardware e não só do software. A empresa adicionou uma referência à implementação de um mecanismo de verificação do arranque no seu novo Project Treble. Este mecanismo impedirá os dispositivos de arrancarem com algum software que tenha sido danificado ou adulterado em alguma maneira.

Este mecanismo chama-se Android Verified Boot 2.0 (AVB) e será integrado no Android Oreo. Permitirá atualizações mais fáceis, periódicas e constantes para os dispositivos. Terá ainda a funcionalidade que impedirá um utilizador mal intencionado de reverter para uma versão mais antiga.

Google Android Oreo 8.1 patch dezembro
A gigante tecnológica continua a reforçar toda a segurança do seu Oreo mobilescout

De forma a ludibriar e remover os mecanismos de segurança do Android Oreo. Em suma, caso queira instalar uma versão mais antiga, sem estes mecanismos de proteção as suas tentativas serão frustradas.

Android Oreo terá novos mecanismos de segurança

Sobre este Rollback Protection, a Google diz o seguinte. “Para impedir um dispositivo de arrancar (boot) com uma versão antiga do sistema operativo, algo que poderia ser utilizado para fins menos lícitos e para explorar uma falha de segurança implementamos a Rollback Protection”. “Para que tal seja possível, os dispositivos como Pixel 2 e Pixel 2 XL vão guardar o sistema operativo, neste caso o Android Oreo, numa divisão especial do hardware. Alternativamente terão um Trusted Execution Environment (TEE) para verificar os dados”.

Este novo mecanismo dá às construtoras uma maior flexibilidade de proteção dos seus dispositivos. Mesmo quando ele está bloqueado. Para terminar referimos ainda que as Instant apps ou aplicações instantâneas do Android Oreo serão executadas numa sandbox restrita. Desta forma existirão sempre limites às permissões concedidas e à troca de dados.

Em suma, o Android Oreo acabou de se tornar ainda mais apetecível! E tu, já recebeste esta nova versão do sistema operativo da Google?

Viaphonearena
FonteGoogle
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).